domingo, 29 de novembro de 2015

Survival Mode Especial: The Legend of Zelda: Ocarina of Time

 
Olá povo lindo, hoje, pra terminar de maneira épica o mês do Nintendo 64, eu vou criticar Zelda: Ocarina of Time, o melhor jogo de todo o U-N-I-V-E-R-S-O, Let it Go, 




"♫ Let it Go, Let it Go, Can't Hold it Back Anymooore!♫" quis dizer Let's go (vamos lá)!
TLoZ:OoT ( o nome do jogo abreviado) foi um sucesso estrondoso, com críticas Super Nintendo Hyper Combo Mega Man Ultra Man positivas, com notas de 9.5 a 10, sendo que a maioria dos críticos deu nota 10, então, o jogo se tornou um sucesso, virou o quarto jogo mais vendido do Nintendo 64 e virou o jogo do ano de 1999, mas será que ele é tão perfeito assim? vamos descobrir...

Primeiro vamos começar pelo enredo, mais eu vou tentar não dar muito Spoiler: Era uma vez um garoto chamado Link, ele faz parte da tribo dos Kokiris, que são tipo umas crianças duendes de roupa verde que nunca envelhecem mas podem morrer, só que Link era diferente, ele não tinha uma fada, então por isso ele era rejeitado, e a única amiga dele era uma garota chamada Saria, um dia, apareceu uma fada irritante chamada Navi (é o meu nome ao contrário), ela foi chamada pela grande Deku Tree para chamar o Link, depois disso, Link e Navi entram na grande Deku Tree e matam monstros, pegam pedras sagradas, conhecem a Zelda e acontece uma montanha de tretas, eu não vou escrever a história inteira porque senão essa postagem vai demorar 1 zitrilhão de anos, se quiser saber mais, jogue o jogo e zere como um verdadeiro homem...
ou uma mulher, se for seu seu caso. Sobre a trilha sonora, podemos dizer que é INCRÍVEL!!!!!!! é agradável, épica




e TUTÔ!!!!! procure no Youtube: o nome do jogo mais OST (Original Soundtrack), não é só a trilha sonora que é tudo isso, os efeitos sonoros também são, a definição perfeita é: INCRIVELMENTE PERFEITOS!!!!!!!!

os efeitos sonoros são incríveis, porque eles são de muita qualidade para um simples jogo de 1998, imagine alguém da época jogando esse jogo e dizendo: UAU!!!! Efeitos sonoros incríveis!!!! além dos efeitos sonoros incríveis, tem também uma jogabilidade incrível que é diferente dos seus antecessores e eu vou explicar como funciona:

Você pode controlar o Link em qualquer direção porque é um típico jogo 3D, o botão B ataca com a espada, você pode fazer combos com espada, na verdade isso é possível nos jogos 2D da série, só que nos jogo 2D ele fazia movimentos iguais, nesse jogo ele faz movimentos diferentes apertando o botão B, o botão R defende com o escudo, nos jogos 2D ele sempre andava com o escudo na frente, e isso era uma vantagem quando um projétil está vindo, na imagem ele também está, só que ele está mirando no inimigo, e é isso que eu vou explicar agora, o botão Z permite focar no inimigo, isso é uma vantagem quando o inimigo é difícil de atacar, principalmente se defender, quando você aperta o botão R, você não pode andar enquanto você está carregando o escudo, só que quando você está segurando o botão R e aperta o botão Z você pode andar, e isso é uma vantagem e uma desvantagem ao mesmo tempo mas eu vou explicar, você pode focar ao simples apertar do botão Z, só que quando tem dois inimigos no mesmo lugar, apertar o botão Z de novo faz com que você foque no outro inimigo, sendo que pra desativar a função é só apertar o botão Z novamente, expliquei, mas vou explicar mais algumas coisas, como a função do botão A que não aparece na imagem acima, mas aparece na imagem abaixo:

O botão A serve para as ações do jogo, tipo tudo: Pegar, Lançar, Rolar, Desviar, Dar mortal, Falar, Comprar, Transar com as suas primas (foi mal) e tudo, algo que é diferente dos jogos 2D da franquia, é que nesse jogo você pode usar 3 itens ao invés de um, isso também é uma vantagem e desvantagem ao mesmo tempo, mais eu vou explicar (meu deus, quantas vezes escrevi essa palavra?):
Os itens de longa distância como o arco, bumerangue e gancho, a vista fica em primeira pessoa, assim, você não pode andar, exceto quando você está focado no inimigo, fazendo isso um ponto mais ou menos, como deu pra notar nas imagens, uma estão em resolução normal, enquanto a outra está em baixa resolução, quando você aperta o Z, o jogo fica em baixa resolução, mas não sei o porquê,  deixa pra lá, os personagens do jogo são marcantes, sendo que o mais marcante  é o próprio protagonista, o resto eu não vou falar porque é Spoiler, e você deve estar se perguntando: por que o protagonista do jogo está maior em uma imagem, se nesta imagem ele parece uma criança? a resposta pra isso é a viagem no tempo que tem no jogo, mas eu não vou falar nada a respeito porque é Spoiler, Vamos ao prós e contras!
+ O melhor enredo de toda a franquia 
+ Personagens marcantes 
+ Trilha sonora perfeita e efeitos sonoros impressionantes 
+ Jogabilidade Perfeita
+ Ciclo de dia e noite
+ Várias Side-Quests 
Nota Final: 
10.0 
 
Perfeito 
Resumindo: É uma ótima escolha para fãs de JRPGS (Japanese Role Playing Game abreviado no plural), Nintendo, jogos antigos, aventura e jogos medievais, um jogo que fez o universo de Zelda adaptar-se perfeitamente ao universo do jogos 3D, e é obrigatório conhecer este jogo se você não conhecia. 
Você concorda comigo ou acha que a minha nota deveria ser menor? faça sua crítica e surpreenda, Bye Bye.

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Survival Mode Especial: Super Mario 64

 
Olá povo lindo, tudo bem? eu critiquei o Nintendo 64, agora é vez do jogo mais vendido do console, SUPER MARIO *****NG 64!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! ah, chega de tanta empolgação e vamos à crítica.
Super Mario 64 vendeu 11.62 milhões de unidades e  foi considerado um jogo revolucionário por causa do uso do analógico, da câmera, do castelo da Peach livre para explorar e suas fases grandes com 7 missões ( muitos desses recursos são usados até hoje), mas será que ele é bom? vamos descobrir.
O jogo é diferente dos jogos clássicos do bigodudo, mas eu explico isso mais pra frente, um ponto positivo são os gráficos:

olha como eles são bem feitos pros padrões de 1996, se você comentar: "Ai que gráfico feio!", você tá errado! é porque você não tem respeito pelas antiguidades... já sobre a trilha sonora, podemos dizer que encaixa nos cenários, vocês podem procurar no Youtube: Super Mario 64 OST ( abreviação de Original Soundtrack), como a música da fase Bob-omb Battlefield que esse cenário do GIF,( imagem animada) se encaixa, porque tem bombas e canhões, já as fases aquáticas como Jolly Roger Bay e Dire Dire Rocks, tocam uma bem tranquilha, simbolizando a água. Um outro ponto positivo é a jogabilidade, que é simplesmente genial!
Escrevi no início da postagem sobre as coisas que deixaram esse jogo revolucionário, mas eu vou dizer mais algumas coisas: as fases são grandes e bem construídas e as primeiras fases são memoráveis, já as últimas são as mais geniais, eu diria que o Level Design (construção das fases) é grandioso.

No caso da Tiny-Huge Island, literalmente, o Mario anda em velocidades diferentes de acordo com a pressão do analógico e também é cheio de movimentos como: dar socos e chutes, dar cambalhotas, agarrar objetos, nadar (mas nesse jogo ele não respira de baixo da água como os anteriores), dar bundadas etc. E o  manual do jogo mostra todos esses movimentos, olha:

bem legal, não é? até a maneira de enfrentar o Bowser é genial e eu vou te dizer como: você fica atrás do Bowser pra pegar no(a) rabo/cauda (chame essa ***** como quiser) dele e depois girar pra jogar o Bowser em bombas, bem fácil, não é? só que não, primeiro: você precisa de precisão (não foi um trocadilho) pra agarrá-lo; segundo: girar o analógico que seria girar o(a) rabo/cauda do Bowser, pode estragar o analógico de tão que é letal, e eu escrevi sobre isso na minha postagem anterior. Tem algo que também é genial, que é sobre as estrelas que nos jogos anteriores eram usadas como item de invencibilidade, aqui elas são usadas pra abrir portas tal como chaves,

"Lá vem o Chaves,Chaves,Chaves, todos atentos olhando pra TV! Lá vem o Chaves,Chaves,Chaves, todos aí gostando de se ver!" (piada tosca!), que você pega em missões de cada fase, sendo que no total são 7 missões em cada fase, sem contar as estrelas secretas que você pega em fases secretas ou em áreas do castelo da Peach, o total de estrelas é 120 e o mínimo de estrelas que você pode zerar o jogo é 70 e você pode continuar o jogo pra pegar essas estrelas que estão faltando e isso dá um bom fator Replay, mas se você pegou todas as estrelas e continuou jogando, você pode fazer um outro arquivo salvo no jogo ou deletar os dados do jogo, Chega de blábláblá e vamos aos prós e contras!
+ Bons gráficos 
+ Um grandioso Level Design e um grande castelo pra explorar
+ As músicas se encaixam perfeitamente no cenário 
+ Jogabilidade simplesmente genial 
+ Fator Replay 
Nota Final: 
10.0 
 
Perfeito 
Resumindo: é uma obra-prima dos jogos do Mario e da Nintendo, é obrigatório ter esse jogo no Nintendo 64 e até quem é uma criança da atualidade que joga PS4 precisa conhecer, vale a pena pra todo o universo. 
Você concorda comigo ou acha que a minha nota deveria ser menor? faça sua crítica e me surpreenda, compartilhe essa postagem no seu Google+ e comente se você gostou ou não, Bye Bye.

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Survival Mode Especial: Nintendo 64

 
Olá povo lindo, hoje eu anuncio neste Blog, o mês do Nintendo 64, e não há nada melhor pra começar o mês, do que criticar o console, Vamos à crítica! 
O Nintendo 64 é o último console de mesa que usou cartucho, mas por causa disso, ele não vendeu tão bem quanto o seu rival, o Playstation, mas o Nintendo 64 vendeu 32.93 milhões de unidades e foi um console impressionante para a época, por causa de seu Multiplayer para 4 jogadores sem Multitap (um acessório que desponibiliza o Multiplayer até 3 ou mais jogadores)  e seus jogos fantásticos, mas será que ele é bom? vamos descobrir. 
O console inovou por ser o primeiro Videogame da história a ter um analógico, que é aquele troço que você pode controlar os personagens em qualquer direção,

tipo isso (imagem), só que o do Nintendo 64 tinha um problema, o analógico era muito frágil, quando você fazia movimentos bruscos, ou forçados, o analógico quebrava e os personagens dos jogos não podiam mais correr, e isso era um problema, mas pelo menos foi uma boa ideia, vale lembrar que o console tinha os melhores gráficos da época, mas não pense que os cartuchos tinham memória suficiente pra...

Tutô!!!! não cabia muito espaço no cartucho, então, coisas tinham de ser retiradas, e tem jogos que você salva no cartucho mesmo e outros você salva em um tipo de Memory Card (cartão de memória) que você colocava no controle. Não podemos também esquecer os seus grandes títulos:

Super Mario 64, Zelda Ocarina of Time, Pokémon Stadium 1 e 2, Pokémon Snap, Star Fox 64, 007 Goldeneye, Mario Kart 64,

e MAIS DE 8000!!!!!! outros títulos, e todos eles são marcantes.

Sobre o controle: ele não é nem um pouco anatômico, só quem tem 3 braços pode usar esse controle direito, vale lembrar que tem o botão Z atrás, mas a imagem não mostra, e as setinhas amarelas são pra controlar a câmera, mas na maioria das vezes não. Vamos aos prós e contras!
+ Jogos marcantes 
+ Um dos melhores gráficos do mercado 
+ Multiplayer para quatro jogadores sem Multitap 
+/- O analógico é uma boa ideia, porém é frágil 
+/- Alguns jogos salvam no cartucho e outros no Memory Card 
+/- Devido ao console usar cartucho, faltava espaço para a memória dos jogos, mas evita Loadings
- Controle nada anatômico 
Nota Final: 
8.7 
 
Excelente 
Resumindo: É um console muito inovador pra época de 1996, não tem um controle muito anatômico, mas quem liga? a importância são os jogos! e vale a pena ter esse console.
Curtiu? comente nos comentários e compartilhe essa postagem, Bye Bye.