sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Survival Mode: Kirby's Dream Land

Kdl1ussmall.jpg 
Olá, povo comilão, tudo bem? Se você viu minhas postagens de novembro à dezembro de 2017, já deve ter percebido que o Kirby é um dos meus personagens favoritos da Nintendo, este jogo aí é a primeira aventura dele, veremos o início de sua carreira e como ele evoluiu com o passar do tempo. Vamos lá!!! 
Fase 1: Gráficos 
Resultado de imagem para kirby's dream land gb 
Não é grande coisa quando você compara com jogos de consoles mais poderosos, mas vendo como um jogo de Game Boy, em geral ele é bonito demais para seus padrões. As animações são boas para os padrões de um jogo de Game Boy, a quantidade de quadros de animação é considerável e comparando com jogos do mesmo portátil (Se você não sabe muito sobre Games, esclareci uma informação do tal Game Boy) dá pra perceber que os outros jogos tinham animações mais básicas, este argumento não convence vendo uma imagem estática, procure vídeos de boa qualidade de imagem no Youtube que você ficará convencido. O que convence ao ver uma imagem estática, é que este jogo é detalhado, observe a grama, as sombras lá no fundo e esta árvore (faça isto sem comparar com os jogos de hoje), é claro que não tinha cores pois o Game Boy original era em preto e branco (na verdade era verde e preto, só que em emuladores fica em preto e branco), eu joguei o jogo em um Game Boy Color e por isto não sei se é difícil  enxergar o jogo numa tela esverdeada. Os inimigos são bem variados, tem uma boa quantidade deles e isto deixa o jogo menos repetitivo e vou deixar esta descrição vaga porque estou com preguiça de escrever.
Fase 2: Som 
Começando pelas músicas. As músicas soam bem para os padrões do portátil, isto fica claro ao comparar com outros Games do tijolão da Nintendo e elas são surpreendentemente agradáveis de se ouvir:
 
As músicas não são muito longas e não tem muitas delas (são 18 no total), isto é porque o Game Boy não é uma das plataformas mais poderosas da época (mais ou menos no início dos anos 90) e é claro que preciso tolerar. Os efeitos sonoros também seguem a mesma linha que a trilha sonora, usam bem as capacidades sonoras do Game Boy e são agradáveis de ouvir, a diferença é que alguns sons talvez possam irritar algumas pessoas sensíveis, escutem: 


Ao conhecer bem as capacidades do Game Boy, não só os efeitos sonoros, como os gráficos e músicas são bem feitos (peço desculpas por repetir estas informações e se algum efeito sonoro te irritou também peço desculpas).  
Fase Bônus: Enredo 
Você deve ter reparado que esqueci de contar o enredo, acontece é que ele é tão simples e curto que não merece uma descrição detalhada, aqui vai o resumo: "Em uma terra chamada Dream Land (terra dos sonhos em inglês), existia um Rei pinguim chamado Dedede, um dia ele decidiu roubar toda a comida do lugar e como o povo de lá ficou com fome, Kirby decidiu ir atrás de Dedede para recuperar a comida". Simples, não acham?
Fase 3-1: Controles 
Por ser o primeiro jogo dele, o Kirby ainda não tinha algumas habilidades que ele ganhou em jogos posteriores, como correr, dar rasteiras e principalmente a habilidade de copiar os poderes de seus inimigos, pode parecer um absurdo principalmente para quem cresceu com o Kirby moderno como eu, mas vamos ser tolerantes, é apenas um início de carreira. Como o Game Boy só tem 4 botões, os controles são básicos, as setas direcionais esquerda e direita são para andar, a seta direcional para cima faz com que a bolota possa inflar e assim voar como um balão, a de baixo serve para agachar, o Start pausa, o botão A pula e o botão B faz o Kirby sugar seus inimigos e apertando de novo ele os cospe em forma de estrela (é a principal forma de ataque). Mesmo com uma jogabilidade simples, dá para se divertir numa boa, em outras palavras é simples porém efetiva. 
Fase 3-2: Power - Ups 
Antes dele ter sua habilidade de copiar poderes de seus adversários, ele podia pegar Power-Ups (caso não seja uma pessoa informada em Games, é basicamente um item coletável que serve para deixar o personagem mais poderoso, tipo o cogumelo do Mario), pra ser franco os Power-Ups até que são divertidos. Aqui estão eles: 
Pirulito de Invencibilidade: Um pirulito que ao ser comido, deixa o Kirby intocável por tempo limitado (é um dos poucos Power-Ups que estão presentes na série até hoje). 
Warp Star: Uma estrela que serve para transportar o personagem para um outro canto da fase (Também é outro Power-Up que está presente na série até hoje). 
Microfone: Destrói todos os inimigos na tela ao ser cuspido. 
Bomba: Destrói todos os inimigos em sua frente. 
Curry Apimentando: Permite o personagem temporariamente cuspir fogo (é possível fazer isto enquanto anda).  
Batata Doce (ou folha de menta nas versões ocidentais): Pode parecer uma batata doce, só que como está dizendo aí é menta, Permite que o personagem possa voar e lançar projéteis (basicamente vira um jogo de nave) 
Alguns deste itens até serviram de base para alguns futuros poderes do próprio Kirby e alguns deste itens consegui achar tão divertido quanto os futuros poderes dele (mais pela batata, pelo Curry e pela bomba). 
Fase 3-3: Dificuldade 
O criador do jogo (Masahiro Sakurai) queria um jogo que fosse acessível para qualquer tipo de pessoa, principalmente não Gamers e ele conseguiu com sucesso. Alguns jogadores mais habilidosos podem ficar irritados pelo fato do jogo ser fácil demais, as fases são curtas demais, os chefes não tem padrões que exigem muito dos/das jogadores(as), os inimigos não fazem muita coisa e é possível zerar o jogo em meia-hora ou até menos. É realmente um jogo fácil, mas nem todo jogo fácil é tedioso e este é o caso de Kirby's Dream Land, é daquele tipo de jogo pra jogar após um jogo difícil ou fazer pessoas que não são ligadas em Videogames se interessarem pelo assunto, mesmo sendo fácil é agradável de jogar. Para aqueles que querem desafio, existe o Modo Extra, para acessá-lo é só apertar o direcional de cima, Select e A ao mesmo tempo, neste modo os inimigos ficam mais rápidos e agressivos, o Kirby perde mais vida (ele tem 6 quadrados de vida, no modo normal ele perde apenas 1 com qualquer ataque, no Extra ele perde 2) e os inimigos tem mais ações. É interessante para os "jogadores habilidosos" e para acrescentar mais tempo de jogatina, mas isto é o oposto de interessante quando nós paramos para pensar que isto tira aquela proposta de "acessível para todos", os inimigos são tão rápidos que mal dá tempo de atacar e reagir e a jogabilidade é um pouquinho lenta demais para este nível de velocidade (basicamente a velocidade do Usain Bolt após tomar muito Red Bull), eu sei que desafio é uma coisa boa em alguns jogos, só que aí não é tão legal e o mesmo exemplo que dei na análise de Kirby's Epic Yarn, forçar desafio em um jogo que não é focado em dificuldade não é legal. Que venha o verídico!! 
Fase Final: O Verídico 
Prós:
+ O gráfico é bonito para os padrões do Game Boy 
+ O som é surpreendentemente agradável, tanto as música quanto os efeitos sonoros 
+ Os inimigos são variados 
+ Simples, mas divertido 
Contras: 
- Modo Extra 
Nota Final: 
8.3 
Resumindo: Kirby's Dream Land não envelheceu tão bem quanto outros jogos dele, mesmo assim este continua bem divertido, o gráfico é um dos mais bonitos a ser mostrado em um jogo de Game Boy, as músicas e efeitos sonoros são agradáveis (ainda mais porque estou comentando sobre um jogo de um console com jogos barulhentos) e mesmo sendo o jogo mais básico, curto e fácil da franquia Kirby, pude me divertir e até quis jogar de novo e de novo, é bom como porta de entrada para pessoas que não são boas em Videogames ou que nem jogaram um sequer na vida. 
Curiosidades Rápidas: 
- Kirby originalmente se chamaria Popopo... 
- aliás, dizem que o nome Kirby veio de John Kirby, um advogado que defendeu a Nintendo ao levar um processo por terem plagiado o King Kong (mais especificamente, o Donkey Kong) 
- Miyamoto (o criador do Mario) pediu para que Sakurai fizesse o Kirby com a cor amarela (na capa ocidental colocaram ele branco, mas isto é outra história) 
Se interessou pelo jogo? O que acha do Kirby? Tem interesse em jogar algum jogo dele? Gostou da postagem? Comente e compartilhe nas redes sociais, Byyyeee!!!

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Extra Mode: Mario Kart nos celulares e novo filme do MARIO?!!!

Resultado de imagem para mario kart tour
Lembrete: A imagem não é real, mas está aí para deixar a sua imaginação florescer
 
 
Olá, povo lindo, tudo bem? (sentiram saudades?) Estou aqui voltando com mais uma notícia relacionada a Games e as desta vez você já leu no título, então não preciso explicar muita coisa. Vamos lá!! 
Já faz algum tempo que a Nintendo está publicando jogos para celulares, sendo que o que mais ganhou notoriedade foi Fire Emblem Heroes. No encontro de estratégias da empresa (não sei bem o que é isto, foi mal), acabaram revelando que o próximo jogo da empresa para dispositivos móveis é um novo Mario Kart, eu gosto da série Mario Kart, mas jogos de celular nem tanto, é porque eu enjoo fácil com eles, mas jogo alguns de vez em quando (espero que tenha entendido que não acho que são ruins). Continuando, não tem muitas informações além do nome ser Mario Kart Tour e que o jogo vai ser lançado em março de 2019, mesmo assim, posso prever que o jogo só pode ser jogado Online (se os últimos jogos Mobile da Big N foram assim, por que este não seria?) e que não vai rodar em qualquer celular. Sobre o tal novo filme do Mario, foi dito que vai ser lançado em 2020 e que o grande criador da série (Shigeru Miyamoto) fechou uma parceria com o estúdio Illumination (o mesmo de Meu Malvado Favorito), isto é uma notícia boa e ruim ao mesmo tempo, boa no caso pra quem gosta de Meu Malvado Favorito e Mario (meu caso) e ruim porque os filmes da Illumination não são dos melhores e por medo de que adaptação saia horrível como muitas por aí, mas o Miyamoto está envolvido, então ele pode monitorar a animação para que a adaptação seja mais fiel o possível aos Games, então vamos esperar sair um trailer ou o lançamento para ver no que vai dar. Espero que seja melhor que o último filme que o bigode já teve, porque este último, 
 
foi uma atrocidade (caso queira saber mais à respeito, procure a análise do canal do Youtube ColoniaContraAtaca, caso tenha paciência para assistir um vídeo de 27 minutos). 
O que acha de um Mario Kart para celulares? E de um novo filme dele para os cinemas? Gostou da postagem? Comente e compartilhe nas redes sociais, Here we Go!!!

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Survival Mode: Super Mario Odyssey

Resultado de imagem para super mario odyssey 
Olá, chapeleiros, tudo bem? Todo console da Nintendo tem algum jogo do Mario que se destaca e com o Switch, este Mario é o Odyssey. Se você viu a postagem passada (aquela dos melhores jogos do Switch de 2017) sabe que este jogo ficou em uma posição alta e não é à toa que é o meu Mario favorito da série principal, sem enrolação, Vamos lá!!!
Fase 1: Enredo
Você com certeza está pensando: MAiz naum precizah contá o imrrêdu, o Bowser cQUÉstra a primcza píti i u mairo vai salvála! só lhes digo uma coisa, O Blog é meu e faço o que quiser! "Tudo no reino dos cogumelos estava numa boa, até que o Bowser sequestra a Peach para fazer um casamento forçado com ela e o Mario tem de impedi-lo como sempre, os dois lutam e Bowser sai vitorioso, de repente Mario aparece no Cap Kingdom (ou reino dos chapéus em português) onde ele encontra um chapéu chamado Cappy e descobrimos que Bowser também sequestrou a irmã deste chapéu (Tiara), além do sequestro duplo, Bowser está atrás de artefatos do mundo inteiro para o casamento, por isto, Mario e Cappy partem para uma aventura ao mundo inteiro à procura de Bowser.
Fase 2: Gráficos 
Resultado de imagem para super mario odyssey
Os gráficos são bonitos. É tudo cartunesco mas ao mesmo tempo é levemente realista (paradoxo?) e bem colorido, os mundos são relativamente detalhados e o Mario aqui neste jogo é mais expressivo do que nos outros, ele fica molhado ao sair da água (eu sei que não é uma expressão e sei que não é novidade hoje em dia) e dentro dela dá pra ver no seu rosto que ele está prendendo a respiração, ao ficar um bom tempo parado no frio ele vai começar a tremer a não ser que ele esteja vestindo um agasalho (o mesmo funciona para lugares quentes) e sua clássica Idle Animation (aquelas animações que os personagens fazem quando ficam parados por algum tempo) de soneca, ao dormir por algum tempo um pássaro pode pousar em seu nariz e o pássaro muda de acordo com o mundo em que está. Esta atenção aos detalhes é muito boa.
Fase 3: Som 
A trilha sonora é excelente. Tem músicas alegres, lindas, agitadas, calmas, relaxantes, versões remixadas de músicas dos outros jogos do bigodudo, Jazz  ETC. Vou colocar a minha favorita que á canção tema do jogo e uma das razões por eu tê-lo comprado.
 
Só lhe digo uma coisa, se você não consegue ficar feliz ouvindo isto, você precisa de um(a) psicólogo(a). Boa parte das canções foram bem compostas, falando nisto, você notou o quão detalhada esta música é? Os efeitos sonoros são bons, mas não descreverei detalhadamente, pois eu acho que efeitos sonoros de jogos atuais são meio difíceis de julgar, julgar gráfico e música é fácil, mas é que a qualidade avançada das máquinas de hoje em dia e como cada vez mais os jogos são parecidos fica um pouco difícil (se isto não soou convincente ou soou confuso, não me julgue, não é sempre fácil explicar as coisas).
Fase 4-1: Controles 
Resultado de imagem para super mario odyssey action guide
Como não quero fazer um texto longo, irei explicar as ações mais básica (se você não é uma pessoa informada, o Game é de Switch). Os botões Y e X arremessam o Cappy (dá para usá-lo como pulo extra se quiser), os botões B e A são os pulos, os botões ZL e ZR servem para agachar e ao apertar os botões X ou Y enquanto agachado dá pra rolar (útil como mobilidade), ao apertar ZL ou ZR no ar, Mario dá um Ground Pound também conhecido como bundada e ao apertar X ou Y, Mario dá uma avançada aérea (debaixo da água pode ser usado como um nado rápido), apertar os botões de pulo enquanto agachado o bigodudo dá um salto mortal de costas, apertando os botões de pulo nas paredes, Mario pode quicar nelas, agachando e apertando o botão de pulo enquanto Mario anda, pode dar um pulo longo (esteja ciente que precisa ter uma boa precisão pra isto). O Mario aqui não é só o mais expressivo como também o mais acrobático da série, o bom número de acrobacias somado com a jogabilidade precisa torna o jogo divertido.
Fase 4-2: Captures 
Resultado de imagem para super mario odyssey capture
Quando anunciaram que a principal mecânica do Game envolveria possuir inimigos e objetos locais fiquei surpreso e devo admitir que a mecânica é genial. Cada coisa tem suas habilidades e cada uma delas é usada de maneiras inteligentes para avançar em áreas ou achar segredos, por exemplo: Aquele bicho colorido ali no cantinho da imagem não pode pular, mas pode esticar seu corpo, assim permitindo alcançar áreas mais facilmente (mas só em linha reta). A genialidade da mecânica Capture (sim , este é o nome da mecânica e o que dá o nome da "fase") é o fato de que cada uma das coisas possessíveis são usadas de forma inteligente. Se você parar pra pensar, é um pouco assustador que um homem aleatório esteja te possuindo e você esteja fazendo coisas que não podia ou deveria e sem ter consciência delas, só que isto não tira o mérito de ser divertido. Possuir os inimigos pode também ser legal.
Fase 4-3: Controles de Movimento 
Aquelas ações que expliquei nos controles também podem ser executadas com controles de movimento. Eu acho que os controles de movimento do Odyssey não são bons nem ruins, Por quê? Tem um movimento que permite que o Mario arremesse o Cappy em volta dele, e para executá-lo é necessário inclinar o controle para os lados, só que quando fazia isto nem sempre funcionava, não estou dizendo que é impreciso, apenas que é difícil de executar. Em geral os controles de movimento funcionam bem. As ações com os controles de movimento também podem ser executadas com os botões, mas o jogo não te explica como (eu aprendi a fazer por conta própria, não que eu tenha algo contra isto). Sabe o que é estranho? nas configurações do Game, dá para desativar estes comandos por movimento, só que esta opção é uma mentira feia e cabeluda. pois os controles ficam ativados do mesmo jeito. Escrevi que não é bom e nem ruim, tem até situações em que gosto de usá-los, também não tenho nada contra os comandos, é um jogo de início de vida do Switch e os desenvolvedores queriam testá-los, mas sinto que a inclusão deles foi forçada.
Fase 4-4: Modo de Foto 
Imagem relacionada
Apertando a setinha de baixo do controle do Switch, o jogo entra no modo de foto, aí podemos mover a câmera, incliná-la (ou deixá-la de cabeça pra baixo, se quiser), colocar a logo do jogo em algum canto, dar Zoom pra aumentar ou diminuir o tamanho da tela e colocar algum filtro (a imagem aí está com o filtro de colocar as bordas embaçadas) e para tirar a foto é apertar o botão de captura do controle e Voi là! a foto é salva no console. Eu tenho 96 fotos no meu Switch e 65 delas são de Super Mario Odyssey, agora você faz ideia do quanto eu gostei disto.
Fase 4-5: Multiplayer 
Nem todo mundo faz ideia de que o jogo tem Multiplayer, mesmo ele estando claramente no menu. Um jogador controla o Mario e o outro controla o Cappy, o Mario pode fazer tudo aquilo que escrevi ali atrás e o Cappy não pode se mexer, porém, pode se lançar e pode servir de pulo extra ao simples apertar de um botão, escrevendo assim parece chato, mas é justamente o contrário, este tal Multiplayer pode divertir se souber o que estiver fazendo e ESPERA!!! Esqueci de comentar alguma coisa, agora lembrei! Enquanto estiver possuindo alguém, o Cappy pode se arremessar enquanto o Mario faz todo o resto e isto é útil como defesa. Que venham as pontuações finais!!!
Fase Final: O Verídico 
Prós:
+ Gráficos bonitos 
+ Trilha sonora excelente 
+ Jogabilidade divertidamente precisa (juro que não tem nenhuma referência á um filme da Disney) 
+ A habilidade Capture é genial 
+ Os mundos são bem distintos 
+ O modo de foto é legal 
+ O Multiplayer pode divertir 
Contras: 
- A inclusão dos controles de movimento foi forçada 
Nota Final: 
9.7 
Resumindo: Os gráficos são bonitos e coloridos, os mundos são tão distintos um do outro que mesmo tendo temas já explorados na franquia (deserto, água, céu etc.) dá pra sentir que as temáticas são novas, a trilha sonora é excelente, variada e muito bem composta, a jogabilidade é precisa e divertida, ainda mais pelas várias acrobacias do bigode, possuir inimigos e objetos é divertido e genial pelo grande leque de possibilidades e cada coisa possessível é usada de maneira inteligente e tirar fotos é bem legal, o único pontinho fraco são os controles de movimento, mas não é nada que atrapalhe muito. Se você tem um Switch ou não é muito ligado em Games, eu altamente recomendo. 
Você tem um Switch? Quais os jogos que você mais gostou dele? Tem interesse em jogar Super Mario Odyssey? Gostou da postagem? Comente e compartilhe nas redes, Here we go!!!

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Top 4: Os melhores jogos de Nintendo Switch que joguei em 2017

Resultado de imagem para nintendo switch 
Olá, povo de 2018, tudo bem? Fiquei empolgado com anúncio do Switch em 2016, para falar a verdade fiquei empolgado antes do anúncio enquanto o console estava apenas com a alcunha de NX (nenhum zero aqui), o console foi lançado em 3 de março de 2017 e consegui um mais ou menos no final de abril, como não posso fazer uma postagem de melhores jogos que joguei em 2017 por que eu não joguei muitos jogos de outros sistemas (PS4, Xbox One, PC, celular) e não costumo jogar muito em PC ou celular, então eu decidi fazer exatamente o que está no título, Então vamos nessa!!!! 
Lembrete: A palavra "melhores" é uma mentira, os jogos listados aqui não são necessariamente os melhores e mais bem feitos do Switch em 2017, apenas são os que mais gostei de jogar, então não me xinguem se um Game estiver em uma posição maior mesmo não sendo tão bom quanto o outro, obviamente só entram jogos que eu joguei, não estou contando versões demo ou coisas do tipo. Sem enrolação, a lista começa agora!!!! 
A primeira vez que eu vi este jogo foi quando vazaram informações de alguns do jogos do Switch, um deles era um RPG do Mario e dos Rabbids, quando eu vi eu achei que não era verdade pelo fato das 2 franquias não terem nada a ver e depois este "RPG" foi anunciado na E3 2017, eu fiquei surpreso e quando fui jogar eu percebi que eu o estava subestimando. 
4: Mario + Rabbids: Kingdom Battle 
Resultado de imagem para mario + rabbids kingdom battle
O jogo segue um estilo de RPG tático parecido com XCOM (só que um pouquinho mais simples), você controla 3 personagens em um mapa, o mapa tem vários inimigos e é necessário comandar os personagens para derrotá-los, só que o jogo é em turnos e você precisa planejar bem as estratégias, é bom colocá-los em locais que eles possam se esconder e não fiquem muito expostos para os inimigos atacarem (basicamente, é como jogar xadrez). Se isto parece complexo, sim é um pouco, mas comparado com outros RPGs táticos como Fire Emblem, Disgaea ou até o próprio XCOM, ele é mais simples e se você nunca jogou um RPG tático ou tem interesse em jogar um, este aqui é mais do que indicado para começar sua jornada. Além do combate ser um pouco simples e ao mesmo tempo ser profundo como dito ali atrás, o jogo apresenta bons gráficos (principalmente nos efeitos de água, aliás, o motor gráfico é o mesmo usado em The Division), uma dificuldade decente, um modo Multiplayer divertido, uma trilha sonora boa, referências e humor interessantes e o charme das franquias do Mario e dos Rabbids. Não é à toa que o The Game Awards 2017 o elegeu como jogo de estratégia do ano. A Ubisoft com certeza fez um bom trabalho (caso você não saiba, a Ubisoft desenvolveu o Game e a Nintendo publicou, isto explica a participação bizarra dos Rabbids). Não ficou em uma posição mais alta porque joguinhos de estratégia não são meu forte. Curiosidade Extra: O compositor da trilha sonora do Game é Grant Kirkhope, o mesmo cara que fez as trilhas sonoras de Banjo-Kazooie, Goldeneye 007 etc.
Sim, eu sei que este aí ganhou o prêmio de jogo do ano em 2017 e realmente acho que mereceu, não é à toa que o adotei como o meu favorito da série, mas só por isto não significa que foi o que mais gostei em 2017.
3: The Legend of Zelda: Breath of the Wild
Resultado de imagem para the legend of zelda breath of the wild
Este Game de Zelda modificou muitos elementos da série mas sem tirar a base e essência (não entrarei em detalhes). A liberdade de Breath of the Wild é absurda, ele sempre te recompensa pela sua curiosidade e tudo que você acha que talvez funcione consegue funcionar, dá pra fazer o que quiser na hora que quiser, se o lugar está muito frio você precisa colocar agasalhos ou fazer fogo, os inimigos são inteligentes e entendem suas estratégias, se você está escalando lugares em dias chuvosos é provável que escorregue, quando tem muitos trovões é melhor tirar os equipamentos metálicos para não atrair raios, se queimar plantas o fogo vai se espalhar e se estiver voando de asa delta o ar quente vai fazer com que você suba e é melhor parar com as explicações da liberdade do jogo antes que esta postagem demore um zilhão de anos. Tem gente que fala que os gráficos não são grande coisa, acho que é porque o filtro gráfico usado é o Cel-Shading e muitos jogos usaram este filtro incansavelmente, mesmo assim o Game é lindo graficamente e fica mais legal com a bela direção artística, a trilha sonora é boa e sei que tem gente que acha a história fraca, mas tanto faz e este foi o primeiro Zelda a ter dublagem de verdade, antes os personagens só faziam alguns barulhos e estranhei quando revelaram que teria dublagem, mas depois nem importei se é estranho ou não. Eu também sei que não é um exclusivo de Switch e sei que tem também pro Wii U, mas eu e a maioria das pessoas jogaram no Switch, então tá valendo. Só não ficou em uma posição mais alta por que demorei um pouco pra gostar dele.
Eu já sabia que o jogo ia ser um sucesso e seria um dos melhores Marios já feitos e já sabia que seria um dos meus favoritos, não comprei por que estava empolgado ou algo do tipo e sim por outros motivos.
2: Super Mario Odyssey
Resultado de imagem para super mario odyssey
Todo console da Nintendo tem algum jogo do Mario que se destaca e com Odyssey não é diferente, pegando a fórmula usada em Mario 64 e Sunshine e levando-a a outro patamar, o bigodudo explora o mundo inteiro (ou quase) pegando luas para expandir o poder da nave Odyssey junto com o seu novo amigo Cappy (o chapéu que Mario está arremessando), com Cappy o bigodudo pode possuir os inimigos e objetos, esta mecânica é genial, principalmente por abrir um grande leque de possibilidades e cada coisa tem uma habilidade diferente (algumas áreas precisam da possessão de alguma coisa para avançar), os dois vão fazer de tudo para resgatar a Peach (grande novidade) em "países" dos mais variados temas (deserto, água, floresta ETC). Além disto, os gráficos são bonitos, a trilha sonora é excelente, tem muita exploração e tem um modo Multiplayer em que um jogador controla o Mario e, o outro, o Cappy, ainda não joguei mas talvez um dia eu tenha uma chance de experimentar. Os motivos pela minha compra foram: 1. Eu queria alguma coisa para gastar o restante do dinheiro que a minha vó deu de aniversário. 2. Me apaixonei pela música tema. Curiosidade Extra 2: O jogo originalmente estava sendo feito para o Wii U.
Pra finalizar, este jogo não é de qualidade absurda que nem os outros da lista (você leu o que está escrito no lembrete?) só que foi o que mais me diverti e teve até uma postagem de primeiras impressões neste Blog.
1: Arms 
Resultado de imagem para arms game
Se você viu ou lembra das minhas primeiras impressões já sabe que amei o jogo. Arms é um jogo de luta não convencional, você deve estar se perguntando: Por quê? Boa parte dos jogos de luta segue com um estilo parecido com Street Fighter ou Tekken (os responsáveis por popularizar jogos de luta 2D e 3D) e este aqui é diferente, 2 ou até 4 lutadores com braços que podem esticar se enfrentam em cenários semi-abertos, para acertar um golpe é necessário estar ciente da precisão e distância, as lutas são rápidas e ao mesmo tempo exigem um certa dedicação para melhorar suas habilidades (acredito que tenha potencial para agradar quem não gosta muito de joguinhos de luta), o jogo usa os controles de movimento do Switch (um em cada mão), se você está pensando que vai ser algo desfuncional, não é não, os controles de movimento funcionam de forma funcional e fluente e se caso não goste de jogos com controles de movimento dá pra usar um controle normal de boa. Os personagens são carismáticos e bem variados, os gráficos e músicas são decentes e os modos de jogo são interessantes (não vou entrar em detalhes).
Você tem um Switch? Se sim quais são seus Games favoritos? Concorda com as minhas opiniões? Gostou da postagem? Comente e compartilhe nas redes sociais, Bye Bye!

domingo, 31 de dezembro de 2017

O que esperar de 2018?

Resultado de imagem para 2018 
Olá, povo do futuro, tudo bem? Todos os anos tem acertos e erros e devo admitir que este foi um dos melhores anos da minha vida. A qualidade das postagens tem aumentado bastante em relação aos passados, eu amadureci bem (aprendi a ser mais tolerante com opiniões, minha empatia e humor aumentaram e ETC), tive a chance de ganhar e jogar um Nintendo Switch e teve muitos jogos bons. Mas não estou aqui para falar sobre a minha vida e sim sobre os jogos que o público Gamer mais aguarda, Vamos nessa!!!!
Lembrete: A lista só conta com jogos confirmados para 2018, jogos que estão sendo aguardados mas que ainda não foram confirmados para 2018 (como Kingdom Hearts 3) não entram na lista. A postagem é mais sobre a opinião do público, mas só contém uma opinião pessoal minha. A fonte usada para a escolha dos Games foi o Site do The Game Awards. Agora sim vamos nessa!!!!
Eu nunca joguei um Game desta franquia, mas parece ser interessante, não que eu esteja aguardando, é que eu acho que deve ser interessante jogar os jogos da franquia.
Imagem relacionada
Monster Hunter World é uma sequência de uma série de jogos de RPGs criada pela empresa Capcom. Caso não esteja bem informado(a), senta aí que vem explicação: Monster Hunter nasceu em 2004 no PS2, era um jogo onde podíamos criar um personagem, montar o equipamento, caçar monstros e jogar com mais 3 pessoas via internet (claro que dá para jogar sozinho, mas não tem tanta graça), a série começou a ganhar fama com os lançamentos no PSP, a partir daí lançaram vários jogos da série para o Wii, Wii U e 3DS, e Monster Hunter se tornou uma das franquias mais populares da terra do sol nascente. Depois de tanto tempo, finalmente sai um jogo da franquia para os consoles da Sony e o primeiro a sair para um console da Microsoft, caso esteja confuso(a), o jogo sai em 26 de janeiro para o Xbox One e PS4 (o Switch fica de fora).
Também nunca joguei um jogo desta franquia, era sobre um tema que eu gosto (mitologia grega), mas agora estão mudando o foco para mitologia nórdica, você deve saber de que jogo se trata.
Resultado de imagem para god of war ps4
O novo God of War ainda não tem data confirmada, mas é provável que saia em 2018. Este novo jogo do deus da guerra tem uma pegada diferente de seus antecessores, além da já mencionada troca de mitologia, a câmera do jogo não é mais fixa, Kratos usa um machado ao invés de suas espadas e outras que estou com preguiça de escrever. A história conta que Kratos está vivendo com seu filho Atreus em terras nórdicas (não foi confirmado em que país), com seu papel de pai ele quer protegê-lo, ensinar a sobreviver e confrontar criaturas e deuses da mitologia nórdica (se eles enfrentarem o Thor, é provável que os vingadores corram atrás deles). Apesar das mudanças, o Game continuará a ser do gênero Hack and Slash (também conhecido como fatie tudo que veja pela frente), a data de lançamento não foi confirmada mas é provável que saia em março, porque a maioria dos jogos de God of War é lançada em março. Esqueci de escrever que é exclusivo de PS4.
Um jogo baseado no que para mim é o melhor super-herói de todos, tá achando que é o Batman? Não, é o Homem-Aranha!
Resultado de imagem para marvel's spider-man ps4
Marvel's Spiderman também é um exclusivo de PS4. O Peter Parker neste Game não é mais aquele Nerd escolar que conhecemos agora ele é um adulto e ainda continua a ajudar a humanidade como homem-aranha. O novo joguinho do cabeça de teia contém um mapa aberto para explorar, combate estilo Batman Arkham (corrija-me se estiver errado) e explorar o mapa balançando nas teias ou fazendo Parkour. Muitos elogiaram os gráficos pelos vídeos que dá para encontrar na Internet. \A data de lançamento ainda não foi confirmada.
Agora sim, o único jogo de lista que eu aguardo e que é uma opinião pessoal minha, o Game é nada mais nada menos que...
Resultado de imagem para kirby star allies
Sim, este mesmo. Kirby Star Allies é obviamente um novo jogo da bola rosa que copia os poderes de seus inimigos, o Game apresenta belos gráficos, um certo foco no Multiplayer, poderes e personagens que foram esquecidos na série e que farão um retorno aí e coisas típicas da série Kirby. Não mostraram nada sobre a história, mas por algumas imagens que vi, algum tipo de força maligna está invadindo o mundo da nossa querida bolinha e temos que impedir. Devo dizer que o jogo não apresenta muitas novidades, muitas das coisas citadas aqui sobre o Star Allies são re-interpretações de mecânicas dos outros jogos do Kirby, até mesmo a tal "história" não é uma novidade, Kirby já teve várias histórias deste jeito, mesmo assim, parece ser um Game bem divertido e assim como o NintendoFan012 disse em um de seus vídeos " Kirby é uma das franquias mais polidas da Nintendo, eu diria que nenhum jogo do Kirby ganharia menos que 7 numa escala de 0 a 10!" não foi exatamente com as mesmas palavras, mas chegou perto, eu também adoro o Kirby e se o jogo não for nota 9, ganha pelo menos uma nota 8.
Quais jogos você está aguardando para lançar em 2018? Está empolgado(a) para jogar alguns deste jogos? Gostou da postagem? Comente e compartilhe nas redes sociais, Feliz 2018!!!!

sábado, 23 de dezembro de 2017

Presentes de natal que me marcaram de certa forma

Olá, povo natalino, tudo bem? Eu já fiz várias postagens sobre datas comemorativas mas eu deixava o natal de fora, e o problema é que o natal é uma das ou a data comemorativa mais importante. O motivo é que eu não faço ideia do que eu posso fazer para comemorar a data no blog, não joguei muitos jogos com temas natalinos e se joguei, era de navegador e jogos de navegador não são do tipo de coisa que comento aqui, então, tive a ideia que está escrita logo no título, Vamos lá!!!! 
Lembrete: Para não perder o foco do blog, irei comentar apenas sobre presentes relacionados a Games e como os presentes listados são baseados nas minhas memórias, pode ser que eu não lembre de tudo. 
Você já ganhou algum presente de natal que te decepcionou uma vez? Tenho certeza que sim (comente qual foi) e o meu foi este.
Resultado de imagem para rc mario kart wii
Não lembro em que ano ganhei este brinquedo, mas eu sei que vi uma propaganda numa revista Recreio (se não me engano) sobre este brinquedo e fiquei empolgado por que eu sou um fã da Nintendo e eu jogava muito Mario Kart DS na época. Estava passando o natal na casa da minha avó, os meus pais me disseram que o presente estava no armário e fiquei insistindo que nem uma criança teimosa, mas só podia ganhar na véspera de natal e quando ganhei, a decepção começou, tinha uma pista pequena feita de papelão, os carrinhos que eram de controle remoto andavam muito devagar e não empolgava nem um pouco. Eu admito que consultei minha mãe para lembrar dos defeitos, se não soou convincente, não me culpe porque faz muito tempo. Eu até tinha visto o comercial dessa joça na TV, olhem:
Moral da História: Era melhor continuar jogando o meu Mario Kart DS e mesmo que os defeitos citados não convençam, não compre.
Sim, foi um fracasso muito grande da Nintendo, mesmo assim comprei e gostei, é claro que estou comentando sobre ooooooo...
Resultado de imagem para wii u
WII UUUUUUUU!!!!!!!! Desde de 2012 eu estava querendo um e o motivo era bem besta, era só porque os jogos Multiplayer suportavam até 5 jogadores no mesmo local e a maioria dos jogos desta época suportavam até 4. 2014 chegou e ganhei um Wii U que vinha com Mario Kart 8, joguei e curti, só que esta é apenas a ponta do iceberg. Neste mesmo mês de dezembro eu acabei ganhando os jogos New Super Luigi U (nem dei bola), Super Smash Bros for Wii U (gostei) e o que mais gostei: Nintendo Land. Eu só fui jogar estes Games 1 mês depois (janeiro) por que eu estava passando as férias em São José do Rio Preto e moro em Rondonópolis, e quando voltei eu me diverti muito com Nintendo Land, por ser um jogo simples, curto, rápido e feito para jogar com a galera, pude me divertir com qualquer um (também me divirto com Just Dance no Wii U, só que esta é outra história). E até hoje jogo neste trambolho mesmo tendo um Nintendo Switch em casa.
Deixei o melhor para o final, que rufem os tambores, pois o presente ééééééééé...
Resultado de imagem para nintendo wii
O NINTENDO WIIIIIIIIII!!!!!!!!! Eu sei que o Nintendo Wii é criticado por ser mais simples que seus concorrentes e ter muitos joguinhos casuais e de festa (do mesmo estilo de Nintendo Land), para mim tanto faz, quando ganhei o Wii eu era novo demais para me importar com este tipo de besteira. Assim como o Wii U, também estava cobiçando (desta vez não lembro os motivos), na hora que ganhei e liguei o console fiquei bravo, por causa que tinha que fazer muito configuração ali e aqui e eu era novo demais (mais ou menos 8 anos, este natal foi mais ou menos em 2010), até tive que pedir ajuda a uma pessoa que conhecia que também tinha um Wii em casa. A alegria começou quando finalmente consegui configurar tudo, me diverti com os dois jogos que vieram com o console (Wii Sports e Wii Sports Resort), mas não se compara ao momento em que o resto da minha família veio me visitar. Vieram os meus tios e primos, e acabei me divertindo muito com os meus primos, até dois primos meus que já eram mais velhos e jogavam Games mais maduros e complexos puderam se divertir e foi através deles que descobri que dava para jogar Multiplayer com apenas 1 controle (não explicarei isto). mesmo depois do natal, comprei vários jogos divertidos (ou não) e que acabaram se tornando os meus favoritos. Atualmente, este Wii está quebrado, mas consigo jogar os jogos deste Videogame através do Wii U.
Quais Foram os presentes de natal que você mais gostou? E os que mais te decepcionaram? Gostou da postagem? Comente e compartilhe nas redes sociais, Feliz Natal!!!

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Extra Mode: Super Mario Odyssey em Cereal

Imagem relacionada 
Olá, povo que adora comer cereal no café da manhã, tudo bem? A mais ou menos uma semana, vi notícias de que um cereal de Super Mario Odyssey sai em 11 de dezembro lá nas terras de Donald Trump (Make America Great Again!!!!), então, que tal nós vermos esta coisa de perto? 
A fabricante do cereal é a Kellogg's (você provavelmente já deve ter comido um de seus cereais, comente se a resposta for sim), mas não é isto que chama a atenção e sim o fato de que a própria caixa do cereal é um Amiibo, se você não sabe o que é, sente-se e ouça o professor (ou neste caso, leia o que o professor fala): Amiibo é basicamente um tipo de boneco de algum personagem da Nintendo que quando escaneados no controle em um jogo que seja compatível pode adicionar conteúdo extra ou algo que possa ajudar o/a jogador(a) em situações apertadas. A caixa do cereal permite que os jogadores ganhem um número misterioso de moedas, de fato isto não é grande coisa, mas vamos admitir que um "brinquedo" compatível com um Game e que ao mesmo tempo é um cereal matinal é uma ideia bem legal. Só me pergunto de que são os sabores do que dizem serem Marshmallows na capa (não dá pra ver na imagem por culpa do tamanho), o cogumelo deve ser de morango, o cogumelo 1-UP deve ser de limão e o bloco de interrogação deve ser de banana (se for assim, o Donkey Kong provavelmente vai querer um), ou talvez não tenham nenhum sabor, se for isto eu nem ia me importar, eu nem gosto de Marshmallows (desculpe se você gosta, mas todo mundo tem o direito de opinar). 
O que achou do cereal? Adoraria devorá-lo? Você acha que os Marshmallows tem sabor de alguma coisa? Gostou da postagem? Comente e compartilhe nas redes sociais, Game Over.