sábado, 9 de junho de 2018

Survival Mode: Metal Slug 2 (Arcade)

Imagem relacionada 
Olá, exército, tudo bem? Faz quase um ano que fiz análise do primeiro Metal Slug aqui no Blog. Meses depois desta análise eu comprei Metal Slug Anthology, que é uma coletânea de todos os jogos da série principal (menos o 7, pois o 7 não tinha saído na época de lançamento desta coletânea, aproximadamente em 2007) e decidi fazer a maratona Metal Slug. Então, farei análise de qualquer Metal Slug da série principal.
Após o sucesso do primeiro Game, a SNK comprou a desenvolvedora do Game (Nazca Corporation) para fazer uma continuação, alguns de vocês talvez conheçam este título como Metal Slug X, mas não confundam, Metal Slug X é uma versão melhorada do 2 com algumas mudanças como posicionamento diferente de itens nas fases e até diferenças nos Backgrounds, vale lembrar que não planejo fazer análise do X e o 2 é o meu favorito da série Metal Slug. Chega de enrolar e Mission Start
Fase 1: Enredo
Não, eu também não inventei este enredo, ele existe, mas não é contado diretamente no jogo. 2 anos depois dos acontecimentos do Metal Slug passado, após a derrota de General Morden (Spoiler), várias organizações relacionadas a Morden começaram a agir em união e o exército deduziu que o motivo disto poderia ser que Morden estivesse vivo e planejando atacar de novo. O esquadrão Falcão Peregrino (formado por Marco Polo e Exterminador do Futuro Tarma) é enviado novamente para a batalha e, desta vez, junto com duas integrantes da agência S.P.A.R.R.O.W.S (Eri caça a moto Eri Kasamoto e Violino com germe Fiolina Germi, mais conhecido por Fio).
Fase 2: Gráficos 
Imagem relacionada
Os gráficos ainda continuam bonitos. Os cenários não são tão vivos quanto o seu antecessor, mas ainda são bem detalhados e, às vezes, interativos. As fases continuam bem construídas e bem planejadas e contêm mais plataformas, inimigos, tiroteio e explosões na tela que o antecessor, mas por conter muita quantidade destas coisas citadas na tela, o Game tem até mais Slowdown (o jogo de repente ficar lento) do que o primeiro Metal, alguns até reclamam disto e até foi um dos motivos que os criadores fizeram a versão melhorada conhecida por Metal Slug X, só que nem liguei pra isto. Os cenários desta vez são um pouco mais variados, no primeiro tinha florestas, cidades e até montanhas nevadas, no segundo tem desertos, pirâmides e trens. As animações são as mesmas do primeiro jogo, tem várias animações novas e ainda continuam bem feitas:
Imagem relacionada
Apesar dos gráficos serem um pouco parecidos com o jogo anterior, ainda são bons e atemporais (não envelhecem).
Fase 3: Som 
A parte sonora também continua incrível. As músicas são até que bem variadas nos estilos, tem temas puxados pra guerra, Jazz, músicas sombrias/atmosféricas e também Rock, além de serem ótimas de ouvir e de alta qualidade: a trilha sonora superou o anterior! (apesar ter re-utilizado algumas músicas de lá):
O que achou? Comente. Os efeitos sonoros também são de alta qualidade, desde os gritos de morte dos inimigos até o narrador falando o nome de cada arma (ainda não consegui achar um vídeo para demonstrar) e o melhor é que todos eles são limpos.
Fase Bônus: Personagens 
Resultado de imagem para metal slug 2 character select
Meu deus, olha as caras de chapado do pessoal!!!

Até que poderia colocar esta "fase"no critério de jogabilidade, mas não acho que daria para fazer uma descrição detalhada. Eles não tem diferença na jogabilidade, apenas escolha o que você mais gosta e pronto.
Fase 4-1: Controles 
O jogo faz parte do gênero Run and Gun, que é basicamente um jogo de plataforma onde nós andamos, atiramos e desviamos de um montão de tiros na tela. O jogo não mudou nos controles, mas para quem não viu a minha análise do primeiro Metal Slug, vale dar uma demonstrada. Lembre-se que estou fazendo uma análise da versão de Arcade/Fliperama e os controles não são os mesmos de outras versões.
Imagem relacionada
O "analógico" além de controlar o personagem, também controla a direção dos tiros e pulos, o botão A são os tiros e ao apertá-lo perto de um inimigo ou de um prisioneiro, o personagem dá uma facada (lembrando que o personagem não atira automaticamente se você segura o botão, o jeito é metralhar e esqueci de mencionar isto na minha análise do Metal Slug 1) o botão B é o pulo (dá para atirar enquanto pula), o botão C lança granadas (esqueci de escrever na tal análise que tanto menciono que o número de granadas é limitado) e o D não faz nada. Isto tudo é dito no tutorial curto que acontece antes de você escolher um personagem. O Multiplayer ainda está presente aqui e ainda continua divertidíssimo. A jogabilidade não mudou em nada, mas isto não quer dizer que é ruim, a jogabilidade ainda é fluida e não mudar muita coisa não estraga a diversão.
Fase 4-2: Armas 
As armas do jogo anterior ainda estão presentes aí (cheque a minha análise de MS1 para mais detalhes) e de armas novas só acrescentaram 3. 1: A Laser Gun como o nome sugere atira Lasers, o dano da arma é bem balanceado, os tiros são bem rápidos e atingem inimigos em linha reta, é boa para matar inimigos de longe (um detalhe legal é que se um personagem atira com esta arma, o cabelo dele/dela fica arrepiado). 2: Adicionaram uma granada alternativa chamada de Fire Bomb (bomba de fogo, em português, caso não seja especialista na língua do tio Sam), consegue atingir uma área maior que a granada normal, só que é mais fraca. 3: A terceira é apenas uma melhoria para o canhão do Metal Slug (Metal Slug é o nome do tanque da série) que deixa os tiros mais fortes e capazes de atingirem em linha reta.
Fase 4-3: Veículos 
Agora sim, este jogo traz uma divisão entre veículos e armas, o único veículo que tinha no primeiro era o já citado tanque Metal Slug, mas como ainda não tinha divisão de armas e veículos, decidi considerar como uma arma.
O primeiro veículo novo é o Slug Camel, é nada mais do que um camelo equipado com metralhadoras que podem atirar nas diagonais (todas as metralhadoras da série Metal Slug podem atirar nas diagonais), as notáveis diferenças em relação ao "tanque" são: a capacidade de atirar granadas sem ter que agachar para fazer, não tem barra de vida (isto significa a mesma coisa se não estiver num veículo, morte com apenas 1 golpe), não consegue andar agachado e é uma montaria rápida. O segundo veículo é o Slugnoid, é um robô com duas metralhadoras e um canhão atirador de bombas localizado em uma região "mente poluída", apesar de ser lento, pode dar pulos altos e um detalhe curioso é que quando ele perde barras de vida, acaba perdendo as metralhadoras. O terceiro e último veículo é o Slug Flyer, que é um avião também com metralhadoras e por ser aéreo dá para controlá-lo livremente em todas as direções, tem mísseis no lugar das granadas, é mais rápido que os outros 2 e apesar de poder atirar para frente e em diagonais, não consegue atirar para trás.
Fase 4-4: Transformações 
Uma inovação que este jogo trouxe é a possibilidade do personagem se transformar em contato com certas coisas. Existem 2 tipos de transformações. A primeira é a Múmia (nenhuma referência aquele filme), para ser uma múmia é preciso deixar uma múmia soltar um bafo no personagem (as múmias são encontradas apenas na segunda fase), esta forma permite apenas usar a pistola e as granadas, os personagens ficam lentos e dão pulos altos, mas demorados, e até mesmo as granadas demoram mais para serem lançadas, para voltar a ser humano é necessário pegar um antídoto. A segunda e última transformação é o Gordo, para ser gordo é necessário o método mais realista possível (comer muita comida), os personagens ficam levemente mais lentos (mas nem tanto quanto as múmias) e pulam mais baixo, mas em contrapartida ficam com os tiros mais fortes, é possível usar outras armas além da pistola quando engordamos e pessoalmente acho que esta é a transformação mais divertida da série, para emagrecer é necessário comer comida Diet. Os novos veículos, assim como as transformações foram novidades bem-vindas.
Fase 4-5: Dificuldade 
A dificuldade continua no mesmo padrão do anterior, desafiadora mas sem ser injusta. Os ataques dos inimigos são mais lentos que os seus, mas isto não significa que será fácil, além de depender de reflexo, também é necessário concentração para desviar de tudo na tela e os personagens tem 3 vidas e morrem com 1 tiro, mesmo assim o jogo te dá espaço suficiente para desviar (mas sem ser generoso demais) e te respeita mesmo se você não joga tão bem. O 2 é mais desafiador que o 1 e se pudesse descrever como o jogo é justo mesmo com uma dificuldade destas através de porcentagem, poderia ser uns 80% ou 85%, o anterior poderia ser uns 90%.
Fase Bônus 2: Diferenças do Metal Slug X 
Antes de chegar ao "verídico", vou resumir algumas mudanças que o Metal Slug X teve em relação ao 2.
1: As músicas foram melhoradas e o narrador tem uma nova voz; 
2: As localizações de alguns veículos, inimigos e itens foram alteradas;
3: Mais armas foram acrescentadas, inclusive versões mais fortes das armas originais;
4: As fases tiveram seus horários alterados. 
Última Fase: O Verídico 
Prós: 
+ Gráficos bem feitos 
+ Trilha sonora ótima 
+ Jogabilidade ainda excelente (com direito à diversão para 2) 
+ Os veículos novos e transformações são novidades bem aceitas 
+ Dificuldade aumentada em relação ao anterior, mas sem ser injusta 
Contras: 
(nenhum) 
Nota Final: 
10.0 
Resumindo: Mesmo as descrições dando a impressão que não me empolguei tanto quanto o anterior, o 2 é meu favorito da série. mesmo sem muita novidade os gráficos são bons, a trilha sonora é ótima e superou o primeiro, a jogabilidade continua excelente, as novas adições como os veículos são bem aceitas, a dificuldade mesmo sendo mais alta que o primeiro ainda é justa mas sem ser generosa demais e é tão empolgante quanto Metal Slug 1. Eu recomendo muito que jogue. 
Qual o seu Metal Slug favorito? Qual dos 4 personagens você costuma jogar? Gostou da postagem? Comente e compartilhe nas redes sociais. Mission Complete!

sexta-feira, 11 de maio de 2018

Top 10: Personagens para o novo Smash Bros

Imagem relacionada 
Olá, fãs de Games, tudo bem?  Já faz 1 ou 2 meses que divulgaram um Trailer bem vago do novo jogo da série Super Smash Bros que está prestes a sair para o Nintendo Switch e é claro que, como sou um fã da série, tenho que botar fé. Assim como qualquer fã da série, eu gosto de imaginar quais personagens poderiam entrar para o próximo jogo, então montei a minha lista de personagens que deveriam aparecer neste novo Smash. 
Lembrete: Caso não saiba, Smash Bros é uma série de jogos de luta onde vários personagens da Nintendo e da indústria de Games em geral partem para a briga. É claro que a lista é baseada na minha opinião, não me xingue se você tiver uma opinião diferente. Nem todos os personagens da lista são personagens que quero, podem ter alguns que não torço muito para aparecerem mas que acho provável que apareçam. A lista vai do menos provável até o mais provável. 3,2,1, Vamos lá!
Não adianta reclamar, personagens clones em jogos de luta sempre existiram e sempre existirão.
10: Toon Zelda/ Tetra (Zelda - Wind Waker)
Resultado de imagem para toon zelda
   Desde Super Smash Bros Brawl (o terceiro jogo da série), um personagem chamado Toon Link apareceu na lista de personagens jogáveis (ele é basicamente uma versão mais leve e rápida do Link normal, o Toon do nome é que ele tem um visual cartunesco que nem o da imagem desta Zelda) e como não apareceu novos representes da série Zelda no último Smash e gosto de jogar com a Zelda (infelizmente a maioria não gosta de jogar com ela), escolhi a Toon Zelda como personagem clone para o novo Smash. Aliás, ela quase entrou no Brawl, mas não pode porque o jogo estava prestes a ser lançado. Se você não reparou, eu meio que trapaceei colocando dois personagens na mesma colocação, o motivo não vou escrever simplesmente por conter Spoilers da aparição desta personagem em Zelda - Wind Waker, se não sabe de quem estou escrevendo é a capitã pirata Tetra.
Resultado de imagem para tetra zelda
Tetra não é uma personagem tão recorrente como Link, Ganondorf e até a própria Zelda, ela fez aparições em 4 jogos da série Zelda (só não comentarei quais são) e é uma personagem legal. O estilo de luta dela poderia ser como o Toon Link, uma personagem leve e rápida que pode atacar tanto de longe quanto de perto, ela poderia usar uma pistola como projétil (como visto em Hyrule Warriors), arremessar bombas (eu sei que o Link já faz isto, mas e daí?) ou até mesmo usar uma vela de seu navio como asa-delta (assim como Link em Wind Waker usava uma folha como asa-delta). Por estes motivos eu escolho Toon Zelda e Tetra para entrarem no novo Smash.

Adoraria ver este personagem sendo jogável na série Smash Bros, mas estou um pouco cético da possibilidade dele aparecer.
9: Spring Man (Arms) 
Resultado de imagem para spring man arms
Se você viu as minhas postagens de "melhores jogos de Switch que joguei" e "minhas primeiras impressões sobre Arms", sabe que adorei o jogo e é claro que pelo tanto que gostei, adoraria ver um dos personagens de Arms entrar em Smash Bros (se escolhesse um é óbvio que optaria pelo protagonista, justamente o Spring Man). Para remeter a jogabilidade de seu jogo, o estilo de luta dele poderia ser o seguinte: ele seria um personagem de longa distância mais focado na paciência: o jogador teria que encontrar brechas e atacar na hora certa. Em seus golpes ele poderia usar o seu arsenal de luvas como atacar com socos flamejantes (justamente com as luvas desta imagem), luvas bumerangue para mandar os adversários para longe, luvas com cordas para paralisar os adversários e no seu Final Smash (ou super golpe supremo para os ignorantes) ele faria uma sequência de socos com várias de suas luvas. Os principais motivos que me fazem ficar um pouco cético dele ser incluído no Smash são, 1: Acho que seria um pouco difícil adaptar seus movimentos para encaixar no estilo de jogabilidade de Smash Bros. 2: Arms ainda é um Game muito novo. Pode ser que estes motivos não sejam tão justificáveis, pode ser que os criadores achem um jeitinho de adaptá-lo para a jogabilidade da série. Os únicos personagens revelados para o novo Smash Bros foram os Inklings da série Splatoon que também é uma franquia nova da Nintendo. Estando cético ou não, ainda coloco o Spring Man na lista.

Desde Super Smash Bros Melee (segundo jogo da série), tem aparecido personagens que remetem à carreira da Nintendo nos 80 e escolhi este daqui por achar que dá para fazer golpes mais criativos com ele.
8: Diskun (Famicom Disk System) 
Resultado de imagem para diskun
Este bicho com formato de peça de quebra-cabeça é o mascote do Famicom Disk System, um acessório lançado para o Famicom (como o Nintendinho é conhecido nas terras nipônicas) que fazia o próprio Famicom rodar jogos em disquete (pelo menos no Japão, porque este troço é exclusivo de lá). Pode parecer inválido colocar um personagem mascote de um acessório de Videogame ao invés de um personagem de um Game, mas desde Smash Bros Brawl o personagem R.O.B (Robotic Operating Buddy) tem aparecido na série e ele é um acessório de um Videogame, não um personagem. Em seus golpes ele poderia usar raquetes de Ping-Pong e tacos de golfe (referências ao Smash Ping Pong e à série Famicom Golf), dirigir carros que aparecem do nada (referência á 3D Hot Rally) e até mesmo usar um disquete para guardar os projéteis dos inimigos para depois jogá-los contra eles. Sei que você deve estar estranhando este golpes que fiz para ele e esta era a intenção, um personagem inusitado com golpes inusitados (assim como o Mr Game & Watch). Mach Rider também poderia ser um bom candidato a personagem retrô do Smash, só que decidi escolher o Diskun por ele ter feito uma leve aparição em Super Mario Maker.

Faz 3 ou 4 anos que a Nintendo divulgou no Site oficial de Super Smash Bros uma campanha chamada Smash Bros Fighters Ballot, onde qualquer um poderia votar em um personagem para aparecer no jogo passado, eu já cheguei a votar no Toad, mas como agora acho meio improvável dele aparecer em Smash Bros, caso este Toad não apareça tenho que botar minhas esperanças neste outro Toad.
7: Captain Toad (Super Mario Galaxy/ Captain Toad Treasure Tracker) 
Resultado de imagem para captain toad
Este aqui não é aquele mesmo Toad que conhecemos, é outro personagem completamente diferente. O Capitão Toad é um líder de uma equipe de exploração que apareceu pela primeira vez em Super Mario Galaxy, depois ele fez algumas aparições em Super Mario 3D World onde ele é jogável em um Mini-Game que envolve labirintos, solução de enigmas e muito raciocínio em cenários geométricos e ele tem até um jogo próprio inspirado nestes Mini-Games. O estilo de luta poderia ser parecido com o Pac-Man no jogo passado, um personagem focado em estratégias de ataque em distâncias específicas (um estilo de luta conhecido como Zoner), as diferenças seriam que ele é mais lento, pula mais baixo e envolveria mais raciocínio do que o come-come. Os únicos golpes para ele que vieram na minha cabeça são atirar rabanetes e até mesmo montar em um carrinho de mina. Assim como o Spring Man, também estou cético que ele apareça, só que desta vez o motivo é outro: a princesa Peach tem um golpe no qual invoca o Toad para usá-lo como escudo. Se este golpe da Peach não for trocado, vou rezar para o Capitão Toad aparecer no novo Smash Bros (já que o Toad que conhecemos e este aí serem personagens totalmente diferentes) e se um dos dois aparecerem, quero que a Toadette apareça com Skin alternativa (sendo franco, torço mais pra ela aparecer do que estes dois aí).

Outro personagem da série Mario por aqui? Eu quero que ela apareça por ter sido uma personagem esquecida que voltou a ativa em Super Mario Oddyssey, para responder sua pergunta mais cedo, lhes mostro...
6: Pauline (Donkey Kong "1981"/ Super Mario Odyssey) 
Resultado de imagem para pauline
Caso não lembre, Pauline é a donzela em apuros do Donkey Kong de 1981 e basicamente foi a primeira "princesa" a ser resgatada pelo Mario antes da Peach. Com a popularidade da Peach crescendo a cada ano, Pauline caiu no esquecimento e fez apenas algumas aparições ali e aqui e foi em Super Mario Odyssey que ela fez uma aparição de grande importância. Além de ser prefeita de uma cidade, ela canta Jump up, Superstar (a música tema de Super Mario Odyssey, coloquei-a na minha postagem sobre este jogo, veja se quiser) e organizou o festival da própria cidade, justamente um dos momentos mais marcantes do Game. Para os seus golpes, ela poderia arremessar o seu chapéu assim como o Mario faz lá no Odyssey, usar qualquer objeto encontrado na área onde localiza-se a New Donk City (como cordas de pular, carros, motos e outras coisas, aliás, este é nome da tal cidade) e para o Final Smash, ela pode chamar a banda dela para tocar e atingir os oponentes com ondas sônicas. A aparição dela foi curta mas bem marcante e de grande importância e é por isto que a quero (se a Rosalina pode aparecer no Smash Bros passado, por que a Pauline não pode?)

Eu sei que é um personagem beeeeem recente, mas acredito que ele possa aparecer no novo Smash Bros independente disto, talvez ele, digo, eles, possam aparecer em uma DLC (Downloadable content) futura.
5: Rex & Pyra (Xenoblade Chronicles 2) 
Resultado de imagem para xenoblade chronicles 2 characters
Rex é um jovem caçador de tesouros que foi contratado por um certo grupo e Pyra é uma Blade, um ser senciente (com emoções e personalidade) capaz de criar armas para serem usadas por alguém. Personagens duplos não são novidade na série Smash Bros, já tivemos os Ice Climbers, a dupla Duck Hunt e até a própria Rosalina que anda junto com a Luma. A mecânica de dupla funcionaria mais ou menos assim: Rex seria o personagem que controlamos e teria atributos balanceados, Pyra não atacaria, mas daria suporte, aumentando os atributos de Rex e deixando-o mais forte ou mais rápido e, claro, que para cada ponto forte tem um ponto fraco, com o Rex sendo rápido ele ficaria mais fraco e com ele sendo forte sua velocidade diminuiria, se "matar" Pyra antes de Rex, a habilidade de aumentar seus atributos será impossível de usar. Acho que os golpes seriam apenas ataques genéricos com espadas. Eu sei que muitos fãs reclamam que a série Smash Bros está cheia de espadachins com cara de personagens Anime, mas é daí? se você torce ou acredita que um personagem deste tipo apareça não tem problema.

Um dos personagens que os fãs da Nintendo mais querem que apareça em Super Smash Bros é o K. Roll (o vilão da série Donkey Kong Country), só que diferente deles eu nunca apoiei esta ideia e o motivo é porque na minha mente ele é aleatório demais, acho que a única possibilidade dele aparecer é se ele fizer um grande retorno, assim como a Pauline. Se não apoio a possibilidade do K. Roll aparecer, deixo as minhas esperanças para outro personagem de Donkey Kong Country.
4: Dixie Kong (Donkey Kong Country 2) 
Resultado de imagem para dixie kong
Dixie Kong apareceu pela primeira vez como personagem jogável em Donkey Kong Country 2, depois virou a protagonista de Donkey Kong Country 3 e continuou a ser uma personagem recorrente de Donkey Kong. A namorada de Diddy Kong seria uma personagem levemente rápida, teria um peso muito leve e seria bem ágil e seus golpes envolveriam usar seu cabelo para flutuar, a arma de chiclete usada em Donkey Kong Country - Tropical Freeze e até os veículos de Donkey Kong Country 3. Já que nunca botei fé no K. Roll, boto fé na Dixie Kong para personagem do novo Smash Bros e talvez até o Funky Kong possa aparecer como concorrente a personagem jogável. Curiosidade Extra: Quase esqueci de mencionar que ela quase entrou no Brawl assim como a Toon Zelda, mas o motivo é que ao invés de não ter tempo para fazê-la, os criadores não conseguiram programá-la de maneira funcional.

Provavelmente, este é o personagem que eu mais quero que seja jogável em Smash Bros, principalmente por ser um personagem que amo e marcou minha infância.
3: Bomberman (Franquia de Games com o mesmo nome do personagem) 
Resultado de imagem para bomberman
Até agora todos os personagens mostrados são da Nintendo e todos os últimos colocados são de outras empresas. Caso não seja um(a) manjador(a) de Super Smash Bros, desde o Brawl a série aceita personagens de outras empresas como Sonic, Pac-Man, Megaman, entre outros. Bomberman é uma franquia na qual controlamos robôs coloridos com cabeça de televisão para explodir qualquer coisa. A série começou lá em 1983 e desde então lançou vários e vários jogos de Bomberman, até que em 2012 a Hudson Soft (empresa que fez a franquia) foi comprada pela Konami e a franquia Bomberman entrou em "estado de coma". Alguns anos depois a franquia acordou deste "coma" com Super Bomberman R no dia de lançamento do próprio Switch (03/03/2017). É por causa deste retorno que eu quero que ele apareça em Smash Bros. O estilo de luta do Bomberman poderia ser um personagem que simplesmente bagunça com o cenário colocando várias armadilhas em pontos estratégicos, atrasando os inimigos. Os golpes seriam botar bombas no cenário (será possível movê-las e até arremessá-las); plantar a mina remota no cenário e, apertando o botão de golpes especiais pela segunda vez, ela explodiria; botar várias bombas de uma vez; voar com a mochila-a-jato de Bomberman Hero e o Final Smash ele montaria em uma nave e jogaria bombas altamente mortais. Acho que os Bombermans (o plural correto seria Bombermen) coloridos com personalidades distintas do Super Bomberman R serviriam de boa como Skins alternativas. Se ele aparecerá ou não, vai depender da Konami, porque hoje em dia a Konami é uma empresa vista com maus olhos e não é mais tão querida quanto antes, mesmo assim adoraria vê-lo em Smash.

Primeiro personagem "americano" da lista. O que era antes um exclusivo da Sony acabou virando um personagem multi-plataforma e este ééééé...
2: Crash Bandicoot (Também de uma franquia de jogos com o mesmo nome) 
Crash Bandicoot.png
O marsupial laranja (sim, ele é um marsupial, me desculpe se estraguei sua infância) ex-mascote do Playstation também fez um grande retorno à nova geração assim como o Bomberman. O Playstation 1 precisava de um mascote para concorrer com o Mario e representar o console, pela sua fama as pessoas começaram a aceitar que este seria o futuro mascote da Sony, mas os direitos do personagem na verdade pertenciam à Universal e desde Crash 4 ele se tornou um personagem multi-plataforma. A Activision (empresa que está com as mãos no Crash agora) lançou um Remake da trilogia original dos jogos do PS1 para o PS4 e acreditava que permaneceria exclusivo do PS4 para dar um apelo nostálgico aos fãs das antigas, mas alguns meses atrás anunciaram que o jogo também sairá para PC, Xbox One e Nintendo Switch e por isto acredito que o personagem possa aparecer em Smash Bros. Na verdade não é só por isto: Crash Bandicoot foi um dos primeiros personagens não-japoneses a fazer sucesso por lá, ele também foi rival de Mario assim como o Sonic e o Sonic também está presente na série Smash. O estilo de luta poderia ser focado em combos precisos e sua movimentação seria levemente rápida e ágil. Os seus golpes poderiam ser giros à lá Taz, usar a bazuca que atira Wumpas (nome da fruta característica da franquia Crash), talvez usar a mochila a jato do Crash 2, dar rasteiras e acho que os golpes dele seriam bem simples. Por estes motivos, Crash é uma boa adição á lista.

Agora lhes mostro os personagens que quase entraram na lista, mas não puderam por uma razão ou outra.
Menções Honrosas: 
Decidueye (Pokémon Sun & Moon): De qualquer Pokémon da sétima geração, acho que ele poderia ser bem adaptável ao Smash Bros. Só não entrou para a lista porque talvez ele fique obsoleto com a chegada da oitava geração para o Switch e não ser o mais popular da sétima geração (ele é "um dos" mas não "o"). 
Shovel Knight: Shovel Knight é um jogo que adoro e por isto acho que colocar o protagonista com o mesmo nome do jogo seria boa adição, mas não sei se ele vai entrar porque a empresa que fez o jogo é independente. 
Midna (Zelda - Twilight Princess): Little Mac era um personagem que era invocável através de um item no Brawl e que depois virou um personagem jogável na sequência, se eu fosse escolher um personagem que era invocável através "deste item" no jogo passado escolheria ela por ser uma das poucas da série Zelda que é jogável sem ser o Link, mas não tenho certeza se irá aparecer. 
Algum personagem da Bethesda: A Bethesda é uma empresa que ultimamente tem dado muito suporte ao Switch, por isto seria uma boa escolher o Dovahkiin de Skyrim ou Doomguy de Doom, mas não tenho certeza qual escolho e não tenho muito conhecimento sobre a empresa. 
Algum personagem da Ubisoft: Não que o suporte dela ao Switch seja tão grande quanto a Bethesda, mas a Ubisoft é uma empresa que além de ser famosa até dá uma boa quantidade de suporte à Nintendo, poderia ser uma boa colocar o Rayman, Rabbid ou até o Ezio de Assassin's Creed, mas não sei qual escolho e assim como a Bethesda não tenho tanto conhecimento sobre. 
Agora sim, o primeiro colocado que éééééééééééééééééé... 
1: Steve (Minecraft) 
Imagem relacionada
Sim, é ele, não é o personagem que eu mais quero e sim o que acho mais provável de aparecer e aqui estão os motivos: Minecraft é o Game mais vendido de todos os tempos, (na verdade o mais vendido é Tetris, só que eu considero cada versão de Tetris como jogos separados, aliás, Minecraft vendeu 144 milhões), é famoso no mundo inteiro, tem versões para quase todas as plataformas que existem, inclusive Nintendo Switch e Wii U (se bobear, até a minha geladeira deve ter uma versão disto), alguns funcionários da Nintendo já chegaram a elogiar Minecraft e até tem respeito pelo que é, e Minecraft dá muito dinheiro. Acho que no estilo de luta ele remeteria aos itens de Minecraft mas não a jogabilidade do Game, ele deveria ser um personagem simples e fácil de jogar e  que, ao mesmo tempo, tenha uma certa complexidade. A estratégia de usar um personagem extremamente popular para ser o personagem focado para os jogadores iniciantes e inexperientes funcionou com o Mario e tem muita probabilidade de funcionar com o Steve. Os golpes para o Steve que vieram a minha cabeça agora são usar um arco, TNT, carrinhos de mina e isto. Não pude pensar bem quais seriam os golpes dele e justamente pelos motivos citados atrás, acho que ele merece mais do que todos estar em Super Smash Bros.
Já ouviu falar ou jogou algum jogo da série Smash Bros? Tem algum personagem que você torce para entrar na série? Gostou da postagem? Comente e compartilhe nas redes sociais, Game! (referência ao que os narradores de Smash dizem quando uma partida acaba)

sábado, 28 de abril de 2018

Extra Mode: O novo presidente da Nintendo

Resultado de imagem para tatsumi kimishima
Olá, povo que não pode se aposentar por causa de um idiota chamado Temer, tudo bem? Já faz uns 2 ou 3 anos que um homem chamado Tatsumi kimishima (imagem acima) assumiu a posição de presidente da Nintendo japonesa após a morte de Satoru Iwata (que por sinal foi tema da minha primeira postagem neste Blog, recomendo que leia, se quiser saber mais sobre o caso recomendo que pesquisa em outras fontes), mas desta vez ele decidiu se aposentar e veremos quem é este tal novo presidente da Nintendo japonesa. Here we go!
Resultado de imagem para shuntaro furukawa
O tal novo presidente chama-se Shuntaro Furukawa (imagem acima), além de fazer parte da Nintendo, ele também trabalha na Pokémon Company (o grupo responsável pelo Marketing da série Pokémon), é fluente em inglês e esteve envolvido no desenvolvimento do Nintendo Switch. O motivo de Tatsumi estar deixando a posição de presidente para Shuntaro é por que Tatsumi já está velho (68 anos) e quer se aposentar e deixar alguém mais jovem com a posição (Shuntaro tem 46 anos), lembrando que o Kimishima já seria um presidente temporário após a morte de Iwata. A pergunta que não quer se calar é, o que será da Nintendo após Shuntaro Furukawa assumir a posição de presidente? eu espero que ele seja um bom presidente, a performance de Kimishima como presidente não foi ruim e independente de quem seja o presidente a Nintendo sempre será uma empresa icônica.
O que você achou da notícia? O que você espera de Shuntaro Furukawa? Gostou da postagem? Comente e compartilhe nas redes sociais, Bye Bye!

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Survival Mode: Swat Siege

Resultado de imagem para swat siege ps2 
Olá, policiais, tudo bem? Já faz 2 anos que não faço análise de um jogo ruim (da última vez foi o Aquaman do Gamecube) e decidi fazer uma análise deste jogo que estava meio-perdido no limbo da minha coleção de jogos de PS2. Eu tinha um PS2, só que eu não jogava muito nele e comprava jogos desnecessariamente, então eu dei para alguém, só que decidi matar as saudades e peguei o console de volta, mas quando fui checar os jogos que esta pessoa tinha, eu vi um DVD escrito "Jogo Chato" e fiquei curioso e fui procurar algumas informações sobre ele (para a minha decepção,  mal tem informação sobre este Game, de tão desconhecido que é). Então vamos não criar expectativa que a coisa vai ficar feia. Vamos lá?
Fase 1: Gráficos 
Resultado de imagem para swat siege ps2
Se eu te mostrasse esta imagem, você acreditaria que é um jogo de PS2 lançado em 2006?! Estes gráficos são seriamente feios, as texturas são tão embaçadas que mesmo se a imagem fosse em alta definição não corrigiria nem um pouco, os modelos dos personagens são tão malfeitos que mesmo se fosse um jogo de PS1 seriam malfeitos do mesmo jeito (o pior mesmo é a bunda do policial), as animações são tão duras que parecem que os personagens tem problemas nas articulações (óbvio que não dá para perceber olhando para um imagem estática), a variedade de cenários é quase mínima e sim, todos eles parecem uma favela do Rio de Janeiro e os efeitos especiais de tiros e explosões são tão simples que parecem aqueles efeitos especiais de filmes Trash. Eu sei que estas descrições são meio simples, mas vou deixá-las mesmo assim, a imagem já esclarece tudo e os gráficos são tão feios e simplórios que não merecem descrições detalhadas.
Fase 2:Som 
Este é um dos aspectos do jogo que mais me irritou. A única música que tem no jogo além de ser genérica, é um Looping repetitivo e irritante de 3 segundos, repito, 3 SEGUNDOS!!! Eu até poderia colocar um vídeo para vocês escutarem esta "música", se eu pelo menos não tivesse escolhido a opção de poupar vocês (Isso aqui é Undertale ou uma análise de um Game ruim?). Já os efeitos sonoros são genéricos de tão simples que são, tão simples e genéricos que não consigo fazer descrições detalhadas. Não importa se você esteja jogando com um áudio funcional, estragado ou vendo uma Gameplay de boa ou péssima qualidade, a parte sonora não impressiona.
Fase 3: Jogabilidade 
Resultado de imagem para swat siege ps2
Copiando a mesma imagem de novo? não sei se isto é preguiça ou incompetência
 O objetivo do jogo é matar o máximo de caras genéricos possíveis em cenários apertados para avançar de fase (mais genérico que isto, impossível). O analógico esquerdo controla o policial sem nome, o botão X atira e ao segurá-lo é possível controlar a mira livremente com o analógico esquerdo e os botões L2 e R2 são esquivas estilo Dark Souls, e por aí percebemos que a função de andar é inútil, pois dá para simplesmente segurar o botão de tiro (principalmente porque dá para controlar a mira livremente) e desviar com os botões de cima, deixando a função de andar inútil. Você está vendo aquela barra verde? dá para imaginar que é uma barra de vida, mas para a sua infelicidade não é, pois o policial genérico sem nome morre com apenas 1 tiro e ele tem no máximo 3 vidas extras (para ganhar mais é só atingir uma certa quantidade de pontos), a barra verde é a quantidade de inimigos que você mata, se ela estiver completamente preta o serviço está terminado. Além de encher uma barra e ganhar pontos ao matar caras genéricos aleatórios que são todos iguais, é possível ganhar armas temporárias e até onde eu joguei, só consegui achar duas, a metralhadora que dá tiros rápidos e um rifle que dá tiros lentos, não sei porque o rifle existe, os tiros da pistola não são tão lentos e não venha me dizer que por ser mais lento é mais forte, tanto os bandidos quanto o policial morrem com apenas 1 golpe. Resumidamente, é apenas um jogo bobo de fazer pontos. Que venha o verídico.
Última Fase: O Verídico 
Prós: 
+ Pelo menos os Loadings são rápidos 
Contras: 
- Gráficos seriamente horrendos 
- Música irritante e sons genéricos 
- Simplório demais 
- Variedade quase mínima 
Nota Final: 
4.6 
Resumindo: O jogo é simples demais para ser um jogo de PS2, a feiura dos gráficos é extrema, a música é irritante e genérica, os efeitos sonoros são simplesmente genéricos e a variedade de inimigos e cenários é quase mínima. Do tanto de comentários negativos que escrevi, é um pouco surpreendente que eu tenha dado uma nota 4 (parecia que a nota seria 2,1 e por aí vai), mas na verdade não fiquei tão irritado, é que no meu ponto de vista é um daqueles jogos que são bons por serem ruins, é até legal tirar sarro dos gráficos feios e do conteúdo genérico ou desafiar a si mesmo(a) a fazer mais pontos (pelo menos não sou hipócrita).
Fase Bônus: Enredo 
Como o Game não tem informações sobre e também não tem enredo, vou inventar um próprio. O policial George Lucas Hanks Diesel Schwarzenegger Spielberg da equipe tática norte-americana SWAT estava investigando o caso do criminoso Felipe Neto que estava causando treta no mundo inteiro. Ele descobriu que seu esconderijo localizava-se em uma favela aleatória do Rio de Janeiro e antes de derrotar e mandá-lo para a prisão, ele terá que passar pelo seu grupo de capangas conhecido como "Vilões Genéricos".
Curiosidade Rápida: 
(Já que não tem informação sobre o jogo, coloquei uma informaçãozinha sobre a empresa que o fez) 
- A Phoenix Games é uma desenvolvedora europeia de 6 pessoas que fizeram jogos não-licenciados de qualidade duvidosa para algumas plataformas, pouco se sabe sobre a empresa e ela é conhecida por fazer Bootlegs (termo usado para um produto não oficial que usa marcas famosas só para arrancar dinheiro) 
Tem algum jogo que você acha bom por ser ruim ou tosco? Já jogou um jogo não licenciado? Gostou da postagem? Comente e compartilhe nas redes sociais, Bye Bye.

sexta-feira, 30 de março de 2018

Easter Eggs em Games que demoraram anos para serem descobertos (especial de páscoa)

Imagem relacionada
Olá, chocólatras que gostam da páscoa, tudo bem?
Além de ser uma data de comemoração cristã, é uma data onde se compram ovos de chocolate e tem uma competição onde um certo "alguém" esconde os ovos e os competidores tem de pegar diabetes achar o máximo de ovos possível. E o que isto tem haver com Games? a resposta é simples, alguns Games escondem segredos que são apelidados de Easter Eggs (ovos de páscoa em inglês).
Easter Egg não é um termo exclusivo desta mídia, pois também é usado em filmes, clipes musicais, programas de TV ETC. Como você deve ter lido no título, alguns Easter Eggs acabam ficando tão escondidos que demoram anos para serem achados e é melhor não enrolar a postagem para não ficar igual ao assunto retratado. Aliás, os Games que joguei estarão com este símbolo: *. Que comece a caça aos ovos!!
Lembrete: Como não consegui encontrar muitos Easter Eggs na minha carreira, desta vez vou incluir jogos que não joguei mas que eu saiba de suas propostas, personagens, roteiro e fases, também incluirei jogos que joguei independente se achei o Easter Egg ou não. A lista não está em ordem específica, não veremos do que demorou menos para o que demorou mais, é apenas uma lista normal.
1. Tá, isto não é bem um Easter Egg, algumas pessoas na época já sabiam disto (claro que eram minoria) mas demorou tanto tempo para ganhar fama que irei incluir nesta lista.
Imagem relacionada
Pode parecer ridículo mas muitas pessoas ficaram espantadas ao saberem que dava para matar não só o Big Boo, como também qualquer monstro imortal do Super Mario World escorregando em superfícies íngremes, algumas gostaram disto e outras ficaram tristes achando que suas infâncias foram destruídas. O agente responsável pela popularização do truque foi um usuário do fórum NeoGAF (não sei quem é, só sei que ele ou ela é incrível, com certeza). Super Mario World saiu no japão 1990 e no resto do mundo em 1991, o truque ganhou fama em 2017 então demorou aproximadamente 26-27 Anos para ser descoberto.*

2.O que aconteceria se você ganhasse um concurso para colocar seu nome em um Game? com certeza se tornaria um lenda e este rapaz é mais que uma lenda.
Imagem relacionada
Tradução: " Meu nome é Chris Houlihan, esta é a minha sala secreta, mantenha em segredo, OK?

Era uma vez, um rapaz chamado Chris Houlihan, mais ou menos em 1989 ou em 1990 ele se inscreveu em um concurso da revista Nintendo Power onde o prêmio era ter seu nome estampado em algum jogo do NES (ou Nintendinho para os BRs), só que a Nintendo não tava nem aí pro concurso e só fez uma homenagem ao cara 2 anos depois (aproximadamente 1991 ou 92) e como o NES estava prestes a morrer, escolheram um jogo do Super Nintendo para colocar o nome dele e o escolhido foi Zelda a Link to the Past (ou um elo com passado em algumas caixas brasileiras). É um pouco complicado achar a sala do Chris, basta chegar em certos pontos o mais rápido possível (escrevendo parece moleza, mas não se engane). O tempo que a sala ficou escondida foi mais ou menos 10-11 Anos.*

3. Este é provavelmente o que mais demorou para ser descoberto (falo da lista, não de Easter Eggs em geral), hoje em dia parece ser insignificante, mas lá no início dos anos 80 até que era significativo.
Imagem relacionada
O Easter Egg da versão de Atari de Donkey Kong tem requisitos complicados, atingir uma pontuação entre 33.000 e 33.900, acabar com todas as suas vidas antes e sua última morte tem de ser em queda (eu não estava mentindo, só não entendi a parte do acabar com todas as vidas antes), fazendo tudo isto habilitava as letras LMD na tela de título e estas são as iniciais do programador desta versão ( Landon M. Dyer ). Você provavelmente está achando que isto é imbecil, mas nesta época as empresas não costumavam dar créditos ao seus funcionários, então agora você perdoa? O Easter Egg demorou 26 Anos (1983-2009) para ser descoberto.

4. Para finalizar, decidi colocar um Easter Egg "romântico" de Halo 3.
Os requisitos para achar este Easter Egg são tão específicos que ninguém acharia se um dos desenvolvedores do jogo não tivesse contado. É necessário mudar a data do seu Xbox 360 para 25 de dezembro e apertar os analógicos na tela de carregamento, então uma mensagem escrita "Feliz aniversário Lauren!" aparece, se você não sabe quem é Lauren, é a esposa de Adrian Perez (um dos desenvolvedores do Game). Esta mensagem demorou 7 Anos para ser encontrada.
Qual destes você achou o mais escondido? Algum destes te surpreendeu? O que acha da páscoa? Gostou da postagem? Comente e compartilhe nas redes sociais, feliz páscoa.

quinta-feira, 15 de março de 2018

Minhas primeiras impressões sobre Kirby Star Allies

Resultado de imagem para kirby star allies 
Olá, aliados da estrela, tudo bem? Já faz vários meses que fiz uma postagem de primeiras impressões de um jogo (nesse caso era Arms), Kirby Star Allies vai ser lançado dia 16 de março para o Nintendo Switch, foi lançada uma Demo (uma demonstração jogável) a 1 semana atrás e decidi fazer mais uma postagem de primeiras impressões, vai ser basicamente uma versão reduzida do quadro Survival Mode (o meu quadro de análises, caso tenha entrado neste Blog recentemente), decidi fazer algumas modificações ali e aqui no formato das análises de primeiras impressões. Chega de perder tempo que a postagem vai começar!!! 
Fase 1: Gráficos 
Resultado de imagem para kirby star allies
O Game é graficamente bonito. Dá pra ver que o cenário é detalhado, tudo é colorido e cartunesco apesar de ser levemente realista, a iluminação é ótima, a resolução é boa, os personagens tem bastante polígonos e as texturas estão muito boas, como por exemplo: a grama na imagem realmente parece que é grama e não um simples chão verde. Caso seja uma daquelas pessoas que gostam de ver jogo rodando bem com 60 quadros de animação por segundo, não é um jogo para ti, pois o jogo roda a 30, nem ligo muito para este tipo de bobagem então para mim tanto faz. Se você tiver bom gosto para coisas não-realistas é claro que o jogo será visualmente incrível.
Fase 2: Som 
A trilha sonora usa Samples (recortes de um som ou trechos de certas músicas que são usados para criar novas músicas com outra roupagem) de instrumentos comuns em orquestras. As músicas geralmente tem aquele clima energético e alegre que qualquer jogo do Kirby tem, contém tanto músicas novas quanto arranjos de músicas antigas e elas até que são boas, escutem uma aí:
Já os efeitos sonoros, são os mesmos efeitos sonoros clássicos da série junto com alguns novos, sei que a descrição é vaga, mas comentarei apenas que são bons
Fase 3-1: Controles 
Resultado de imagem para joy con
Como o Nintendo Switch tem várias maneiras de segurar os controles, irei focar apenas em comentários da jogabilidade com os controles juntos, também tem como jogar segurando apenas um dos controles em posição horizontal, mas não é tão diferente dos dois juntos. o botão A pula (ao apertar várias vezes o personagem pode voar), o botão B serve para sugar os inimigos (apertando o mesmo botão de novo cospe os e apertando para baixo Kirby absorve os poderes do inimigo e com os poderes o B se torna o botão de ataque com os poderes), o botão X faz com que Kirby atire um coração que transforma seus inimigos em seus aliados (o limite de aliados é 3 e sim, isto é para possibilitar o Multiplayer de 4 pessoas), para remover o poder deve-se apertar o botão - ou segurar o Y (não sei como é segurando o controle horizontalmente, talvez seja apertando o analógico como um botão), para remover um dos aliados é apertando L e Y ao mesmo tempo ou segurar o botão X, os botões L e R (os localizados em cima do controle) são defesa e movendo o analógico para um dos lados é a esquiva, é óbvio que o analógico move os personagens, movendo rápido para os lados é a corrida, movendo para baixo e apertando o A ao mesmo tempo o personagem dá uma rasteira e movendo para cima dá para combinar poderes (nem todos são combináveis, as combinações são mais ou menos acrescentar propriedades elementais ou um golpe novo) ou ativar uma habilidade oculta. Com este texto longo, você deve estar pensando que a jogabilidade é complexa, na verdade até que é simples só que com um certo nível de profundidade.
3-2: Habilidades de Cópia 
Sim, os poderes copiáveis realmente tem este nome (pelo menos sei que lá nos "States" se chamam Copy Abilities e simplesmente traduzi no sentido literal). Como é apenas uma demonstração, o jogo só apresentou 2 fases selecionáveis e as habilidades presentes nestas fases são Fogo, Gelo, Pedra, Espada, Cortador (ou bumerangue cortador para ser mais honesto), Energia (ou poderzinho de chicote elétrico), Água, Bomba, Guarda-sol, Ryu Lutador e Ioiô (a habilidade que mais me encheu de felicidade, pois estava sumida desde Kirby Super Star). Não estou aqui para mostrar o que cada uma faz e sim para dar uma leve resumida, já que cada uma tem golpes diferentes que variam da posição do analógico e da pressão do botão B. Basicamente é como um jogo de luta simplificado.
3-3 (Final): Multiplayer 
Imagem relacionada
Ai, que fofu!
Lembra que comentei que dá para transformar os inimigos em aliados? Quando um inimigo vira seu aliado é só conectar outro controle, apertar alguns botões para se juntar a partida e assim o Multiplayer é possibilitado. Todos os inimigos que dão poderes (e os únicos que podem ser aliados por sinal) terão os mesmo golpes que o Kirby tem quando absorve estes tais poderes. Como Kirby é um jogo divertido, jogar com amigos ou familiares do seu lado é ainda mais divertido. Com apenas 1 jogador, os aliados são controlados via inteligência artificial e esta inteligência é inteligente mesmo e muitas vezes te ajuda nas horas mais convenientes, mesmo assim os jogadores reclamam que isto deixa um jogo fácil como Kirby ainda mais fácil e por isto acabam preferindo jogar com outras pessoas por ser levemente mais desafiador. Não tenho nada a reclamar, pois ainda é uma versão demonstrativa e as fases são curtas apenas para mostrar como será o produto final e se a inteligência artificial fosse uma burrice artificial, os jogadores reclamariam mesmo assim, só joguei Multiplayer de 2 uma vez e foi divertido.
Fase Bônus: Opiniões Extras 
A fórmula de jogo é a mesma usada em Return to Dreamland (outro Game desta bolinha rosa), mais especificamente a jogabilidade 2D com gráficos 3D, o sistema de golpes das habilidades que resumi um pouco para trás (que foi retirado de Kirby Super Star) e fases com alguns coletáveis secretos, não tenho muita coisa para comentar a respeito disto, pois não joguei o Return to Dreamland e nem suas continuações. Também vi jogadores dizendo que parece que os criadores estão meio sem ideias e a fórmula está começando a envelhecer, é provável, mas vamos concordar que não é sempre que dá para ser criativo(a). Muitas das mecânicas apresentadas são re-interpretações de coisas de outros jogos da série, a habilidade de fazer os inimigos seus parceiros foi retirada de Kirby Super Star (tem umas diferenças ali e aqui, só que não estou a fim de comentá-las), o Multiplayer co-operativo de 4 jogadores já tinha em Kirby and the Amazing Mirror e no tal Return to Dreamland e vários jogos da série Kirby tem fases com coletáveis secretos, não estou dizendo que é uma má ideia, só decidi comentar. Por eu não ter jogado o Return to Dreamland, não planejo fazer análise nem quando conseguir o jogo em mãos.
Ficou empolgado(a) para jogar o Game? O que acha de Kirby? Gostou da postagem? Comente e compartilhe nas redes sociais, Bye Bye!

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Extra Mode: Um Filme Live-Action do Sonic?!

Resultado de imagem para sonic cosplay fail
Olá, povo que sai rolando por aí na velocidade do som, tudo bem? algumas semanas atrás, postei uma notícia sobre um novo filme do Mario e agora é a vez do ouriço azul mais rápido do mundo, a diferença é que o do Mario vai ser de animação e o do Sonic vai ser Live-Action (com atores reais). Não sei se será bom ou ruim, a única coisa que posso pensar é o quão bizarro os personagens vão ficar (tipo este cospobre de Sonic da imagem). Começando a postagem agora!!!!
Informações dizem que a produção executiva terá a participação de Tim Miller (conhecido por ter feito o filme do piscina morta Deadpool), isto pode indicar que talvez personagens como Sonic, Tails, Knuckles e outros possam ser feitos com computação gráfica e personagens como Eggman (ou Robotnik para os mais íntimos) e alguns humanos genéricos possam ser atores. Mas nem tudo são flores, o diretor do filme será Jeff Fowler (não conheço nenhum de seus trabalhos) e ele diz não ter muita experiência com longa metragens. Esta não é primeira vez que uma notícia assim é exibida, já fazia mais ou menos 3 anos que notícias de um filme do Sonic estavam circulando na Internet, mas quando mostraram que era verdade, a galera ficou louca (não de um jeito bom), principalmente porque boa parte dos filmes baseados em Games são horríveis e os últimos jogos lançados do Sonic tem qualidade duvidosa. Não temos certeza se o filme será bom ou ruim, vamos esperar até 2019 (sim, este é o ano de lançamento) e ver o que as pessoas acharão.
O que você acha de um filme do Sonic? E a escolha da produção? Como acha que vão ficar os personagens e história? O que acha do cospobre que coloquei? Gostou da postagem? Comente e compartilhe nas redes sociais, (saindo na velocidade da luz).
Fonte Usada: Um vídeo do Youtuber Velberan intitulado de " Filme LIVE-ACTION do Sonic vindo aí!"